sábado, 28 de setembro de 2019

RESUMO DO BRASILEIRÃO

Procurei fazer um resumo do Brasileirão - Série A e o que cada time pode conseguir neste campeonato.

O campeonato nas primeiras colocações é dominado pelos paulistas, que tem os seus quatro representantes nas seis primeiras colocações, apesar da liderança do Flamengo. O Palmeiras é o vice-líder e grande adversário na luta pelo título, com a equipe carioca. Santos vem em terceiro, Corinthians em quinto, com um jogo a menos e o São Paulo em sexto. O Internacional está em quarto.

O Grêmio vem chegando e tem a sétima posição. O outro representante da região sul, é o Atlhético-PR, atual campeão da Copa Sulamericana e já classificado para a Libertadores de 2020. Este já alcançou o objetivo que é da maioria que disputam o Brasileirão. Os demais, Avaí e Chapeconese, devem deixar o estado de Santa Catarina, sem nenhum representante na edição de 2020.

A grande surpresa, pelos poucos investimentos, é o Bahia, que vem jogando bem e se encontra entre os melhores do campeonato. Os demais times da região nordeste, vão lutar contra o rebaixamento até a ultima rodada. Ceará e Fortaleza, estão próximo da zona da degola e caindo de produção. O CSA, que voltou a primeira divisão depois de mais de 30 anos de ausência, deve retornar a Série B, mesmo com uma melhora no desempenho em campo.

O único representante da Região Centro-Oeste, é o Goiás, que está no meio da tabela e se continuar assim, fica aonde está.

A LUTA PELO TÍTULO: Depois da 21ª rodada, apenas duas equipes disputam o título, Flamengo e Palmeiras. O time carioca tem desempenho um time melhor e mais ajustado. Mas claramente a equipe paulista, vem forte e voltou a subir de produção com a chegada do Mano Menezes. Flamengo melhor time e o Palmeiras melhor elenco.

LUTA PELA LIBERTADORES: O Flamengo  e  o Palmeiras, vão carimbar as suas vagas para a fase de grupos da Libertadores em 2020. As demais vagas vão ficar entre: Santos, Internacional, Corinthians, São Paulo e Grêmio. Se um time brasileiro for campeão da edição da Libertadores de 2019, abre mais uma vaga e o Bahia entra na disputa.

LUTA PELA SULAMERICANA: Para alguns uma conquista, para outros um prêmio de consolação, pela não classificação a Libertadores. Quase todas as equipes estão no páreo, até quem luta contra o rebaixamento pode crescer e conquistar uma vaga, como Fluminense e Cruzeiro.

LUTA PELO REBAIXAMENTO: Será dura e emocionante, podem anotar! Alguns falam em menos de 45 pontos para se salvar, o que não acredito. A linha de corte será em 45 pontos. Chapecoense, Avaí e CSA, dificilmente vão conseguir fugir do rebaixamento. Terão que fazer uma campanha histórica e arrancar muitos pontos das equipes da parte de cima da tabela.

A ultima vaga nesta luta, vai ficar feroz. Acho que o Cruzeiro tem elenco para sair desta disputa. O Fluminense tem camisa, mas precisa melhorar. Agora, Fortaleza, Ceará, Vasco, Goiás e até o Botafogo, qualquer um pode ser puxado pra baixo e entrar nesta luta.

Vamos acompanhar!

segunda-feira, 2 de setembro de 2019

PACOTE DE MALDADES CONTRA O TRABALHADOR A TODO VAPOR

O pacote da maldades contra o trabalhador, continua a todo vapor, agora no Senado federal, tramita a Reforma da Previdência, que a Câmara dos Deputados aprovou, com uma série de direitos retirados e uma aposentadoria bem inferior, na forma de cálculo, para os futuros aposentados.

O relatório do senador Tasso Jereissati, do PSDB/CE, continua retirando os direitos dos mais pobres e preservando alguns privilegiados. O texto ignora as diferenças regionais, não muda as regras de transição e rebaixam as aposentadorias com a nova fórmula de cálculo, que retira a lógica de escolher os maiores salários, para encontrar a média de contribuições e assim uma aposentadoria melhor no futuro.

Fico mais estarrecido como a população pouco conhece da reforma que vai alterar em muito seu futuro. Além de não se indignar com um governo que só retira direitos dos trabalhadores e mantém TODOS os privilégios da elite, do judiciário, militares e dos deputados/senadores.

Só os pobres pagam a conta da crise, que não foi criada por eles, enquanto os ricos e o mercado financeiro riem a toa. A cada dia o Brasil se torna mais desigual, voltando a números de 15 anos atrás.

Fonte e arte: Contraf

domingo, 1 de setembro de 2019

BOM DOMINGO!


Para desejar a todos um BOM DOMINGO, uma linda foto da Praia Vermelha, com o morro do Pão de Açúcar ao fundo, na Cidade do Rio de Janeiro.

sábado, 31 de agosto de 2019

PALPITES DO BRASILEIRÃO - 17ª RODADA

Vamos aos meus palpites para a 17ª rodada do brasileirão, que apesar de ter equipes disputando outras competições e assim colocando jogadores reservas, o campeonato começa a definir que vai disputar na parte de cima e quem vai lutar contra o fantasma do rebaixamento.


SÁBADO - 31 DE AGOSTO

SÃO PAULOSão PauloXGrêmioGRÊMIO - SÃO PAULO

BAHIABahiaXCSACSA - BAHIA

CHAPECOENSEChapecoenseXSantosSANTOS - SANTOS

ATLHÉTICO/PRAthletico-PRXCearáCEARÁ - EMPATE

INTERNACIONALInternacionalXBotafogoBOTAFOGO - EMPATE


DOMINGO - 01 DE SETEMBRO

FORTALEZAFortalezaXGoiásGOIÁS - EMPATE

FLAMENGOFlamengoXPalmeirasPALMEIRAS - EMPATE

CRUZEIROCruzeiroXVascoVASCO - CRUZEIRO

CORINTHIANSCorinthiansXAtlético-MGATLÉTICO/MG - EMPATE

SEGUNDA - 02 DE SETEMBRO

FLUMINENSEFluminenseXAvaíAVAÍ - FLUMINENSE

terça-feira, 27 de agosto de 2019

O BOTAFOGO TEM UM TIME FEIO, A CARA DA ATUAL DIREÇÃO

Presidente, Nelson Mufarrej e o Vice, Carlos Eduardo
O time do Botafogo é feio e tem a cara da atual direção do clube, sem a capacidade de resolver os problemas que tem pela frente. Só não estamos desesperados por causa de uma pontuação acima das atuações da equipe em campo, no brasileirão.

A direção não consegue alavancar as receitas do clube em todos os setores e, a desculpa é sempre a mesma, mercado em retração. Esta direção não consegue um patrocínio máster, que possa aliviar as contas alvinegras. O Botafogo tem apenas a 12ª colocação no ranking das receitas dos clubes brasileiros. Mas lidera quando o quesito é dívida, que ultrapassa a casa dos R$ 700 milhões, que esta diretoria afirmava que iria diminuir. Lembro bem, no meio de 2018, quando os salários atrasavam e a crise financeira era grande, diziam que 2019 seria de alívio. O que estamos assistindo agora, é a penúria financeira total. Isto se chama irresponsabilidade e AMADORISMO.   

Mas os rivais foram ao mercado, diversos obtiveram sucesso no patrocínio máster. O Corinthians conseguiu fechar com o BMG, com um adiantamento de R$ 30 milhões em 2019 e mais R$ 12 milhões de piso em 2020. O Flamengo conseguiu o BS2, por R$ 15 milhões/ano e mais uma comissão por conta aberta na instituição financeira. O Palmeiras tem o maior patrocínio do país, com R$ 81 milhões/ano, que vale para toda a camisa. O São Paulo buscou o Banco Inter, por R$ 23 milhões/ano, num contrato de dois anos. O Vasco fechou com o BMG, por R$ 8 milhões e mais comissões. O Atlético/MG também fechou com o BMG, por R$ 11 milhões. A dupla Internacional e Grêmio, renovou o patrocínio com o Banrrisul, por R$ 13 milhões, para cada. O Cruzeiro e o Atlhético/PR fecharam com o banco Digi+.

Enquanto isto, o Botafogo padece sem um patrocínio máster e sem conseguir alavancar as receitas do clube. Uma gestão com a cara do amadorismo que levou o Glorioso Botafogo ao fundo do poço, que hoje tem apenas uma alternativa para voltar a ser uma potência no futebol brasileiro, entregar administração do futebol para um grupo de investidores.

Enquanto isso, o time tem uma dificuldade enorme de resolver os jogos e de marcar gols nos adversários. Não é a toa que tem um dos ataques menos produtivos de todo o campeonato, com apenas 14 gols, ficando na frente apenas do Avaí (8) e CSA (5). Isto causa preocupação para a segunda parte do campeonato, que sempre é mais difícil conseguir pontos.

Com uma diretoria "tonta" e um time feio, torço para o nosso final de ano não seja amargo. O time precisa de um meia e um atacante, para ter condições de conseguir os outros 22 pontos, necessários para respirarmos aliviados. Os "investidores" do futuro precisam ficar de olhos bem abertos no presente para não prejudicar o caminho da recuperação.

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

APROVADA A "MP DA EXPLORAÇÃO" PROPOSTA PELO BOLSONARO

Deputados a serviço dos interesses dos patrões

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (13) o texto-base da Medida Provisória 881. Foram 345 votos a favor, 76 contrários e uma abstenção. Apelidada como “MP da Liberdade Econômica”, depois das alterações realizadas feita pela Câmara dos Deputados no texto original, o nome mais correto deveria ser “MP da Exploração”.


Editada com a finalidade de reduzir a burocracia e limitar o poder de regulação do Estado sobre as empresas, a proposta aprovada avança sobre as leis do trabalho, transformando-a numa espécie de minirreforma trabalhista.

“Já retiraram diversos direitos dos trabalhadores com a reforma trabalhista. Se essa proposta passar pelo Senado da forma como está, mais uma série de conquistas deixarão de existir”, alertou o vice-presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), Vinícius de Assumpção.

Os trabalhadores deixarão de ter, por exemplo, o direito de receber dobrado pelo trabalho aos domingos e feriados, dias antes considerado como “repouso semanal remunerado”. Basta que o patrão dê uma folga compensatória durante a semana. “Folga aos domingos para conviver com a família? Apenas uma vez por mês”, observou o vice-presidente da Contraf-CUT.

Vinícius destacou ainda que o texto aprovado na Câmara nesta terça-feira revoga a Lei 4178/1962, que proíbe o trabalho aos sábados nos estabelecimentos de crédito. “O descanso semanal remunerado aos domingos e a proibição do expediente bancário aos sábados não é apenas uma questão trabalhista. É também uma questão de saúde do trabalhador e de melhoria do desempenho no trabalho”, explicou.

“Os bancários manipulam grandes quantias de dinheiro. Quando a tarefa é exercida por muitas horas, gera estafa e isso leva a erros. Os erros são cobrados dos trabalhadores, que precisam arcar com o prejuízo e ainda são demitidos. Imagina a tensão de trabalhar com quantias tão grandes de recursos e saber que, se houver algum erro, isso pode sair de sua conta”, observou o vice-presidente da Contraf-CUT. “Antes de inventar uma lei como essa, o deputado deveria se preocupar em consultar a categoria para saber o motivo da proibição do expediente bancário aos sábados. Saber que a folga aos finais de semana é uma forma de aliviar a tensão”, concluiu, lembrando que a categoria bancária é a que mais sofre com os afastamentos para tratamento de transtornos mentais.


Para Jeferson Meira (Jefão), secretário de Relações do Trabalho da Contraf-CUT, as alterações propostas pela Câmara dos Deputados e a aprovação da proposta em plenário é resultado do lobby empresarial no Congresso Nacional.

“Há uma clara orquestração por parte do empresariado e do atual governo em destruir o que restou dos direitos trabalhistas após a reforma do Temer. Estão querendo compensar a incompetência desse governo em gerar emprego e renda atacando a dignidade do trabalho e da pessoa humana através de uma MP que, a despeito de desburocratizar a economia, precariza e traz insegurança jurídica aos contratos de trabalho”, denunciou.

Jefão lembrou ainda que os bancos já vinham burlando a lei e abrindo unidades aos sábados. “A Caixa já convocou seus empregados para, aos sábados, atender a demanda pelo saque de benefícios dos trabalhadores. 
O Santander tentou, neste ano, realizar um trabalho ‘voluntário’ de orientação financeira, utilizando seus próprios funcionários. Também recebemos denúncias de clientes que se assustam e duvidam da origem de ligações de gerentes de outros bancos aos sábados”, informou. “Nossa Convenção Coletiva determina que a jornada de trabalho deve ser cumprida de segunda a sexta-feira, exceto nos casos especiais de compensação bancária e das centrais de teleatendimento. Por isso, vamos continuar lutando contra a aprovação desta MP e, mesmo se ela for aprovada, vamos continuar exigindo o cumprimento de nossa CCT”, concluiu o dirigente sindical da Contraf-CUT.

Algumas das perdas do trabalhador

  1. Permite que o repouso semanal remunerado aos domingos seja apenas uma vez por mês;
  2. Retira o direito de o trabalhador receber em dobro quando trabalhar aos domingos e feriados (se o patrão der folga em outro dia, o outro dia vira o descanso semanal remunerado);
  3. Desobriga a empresa de manter um cartão de ponto, que é utilizado pelo trabalhador como comprovação das horas trabalhadas além da jornada normal;
  4. Revoga a lei que limita o expediente bancário de segunda a sexta-feira.
Fonte: Contraf-CUT / Paulo Flores

quarta-feira, 7 de agosto de 2019

BANCÁRIOS FORTALECEM SUA UNIDADE NACIONAL

Com mais de 600 bancários de todo o país, reunidos em São Paulo, a 21ª Conferência Nacional aprovou resoluções que vão nortear a categoria no próximo período. A principal delas é a luta na defesa da unidade nacional e da mesa única de negociações.

Uma nova forma de organização da classe trabalhadora também foi tema da Conferência, além da luta contra as privatizações dos bancos públicos, tão importantes para o desenvolvimento do país e um calendário de lutas em defesa do emprego. Outros temas importantes para a categoria, como a Reforma da Previdência e o fortalecimento da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho).

“Aprovamos a defesa da mesa única, da CCT e dos acordos coletivos nacionais, reafirmando a importância da unidade nacional da categoria. Além da luta contra o trabalho aos sábados e domingos.”, declarou a presidenta da Contraf-CUT, Juvandia Moreira, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (CONTRAF/CUT).
A Conferência ainda deliberou a participação da categoria nas manifestações em defesa da educação, no dia 13 de agosto. 


Fonte: Contraf CUT

terça-feira, 30 de julho de 2019

BOTAFOGO: A FUNDAMENTAL MUDANÇA DE ATITUDE

Nunca imaginei que chegaríamos a uma situação tão grave financeiramente, mesmo com sucessivas gestões amadoras e com dirigentes sem nenhuma visão de mercado atual do futebol. Chegamos ao fundo do poço e somos iluminados, pela oportunidade de um projeto de investimento, num momento tão delicado da nossa história.

O que vem perdurando até agora no Botafogo, são dirigentes preocupados com os seus "títulos honoríficos", tanto que tivemos que assistir dirigentes sendo indicados em massa para Beneméritos e Grandes Beneméritos, inclusive dentro da própria gestão, preferindo abdicar do chamamento aos grandes alvinegros e pensar coletivamente um planejamento estratégico para o próximo período. Achavam piamente que sozinhos poderiam resolver o grave problema do clube, afastando todos aqueles que simplesmente, viam que o caminho estava errado.


Agora, resta a esperança que o futuro possa ser melhor com a proposta de investidores interessados no futebol alvinegro. A animação aumenta quando percebemos que estes mesmos investidores tomaram a decisão pela paixão e também pela razão, buscando uma alternativa para preservar seus investimentos do amadorismo que sempre imperou no clube. 

Lembro numa conversa com o Carlos Augusto Montenegro, em que ele disse que o meu sonho de dirigir o clube estaria mais longe, se este processo fosse adiante. Respondi: "Prefiro ser passageiro de um trem bala, que dirigir uma carroça", coisa que infelizmente, transformaram o nosso amado Botafogo de Futebol e Regatas.


UM APELO A TORCIDA ALVINEGRA


Estamos num processo de deterioração do maior patrimônio do clube, sua torcida, que se encontra cansada e humilhada com tantos insucessos. Foram 21 anos sem nenhuma conquista e depois da quebra do jejum, veio um alento na década de 90, com o Bi-Carioca 89/90, com a Conmebol, em 1993, mas logo após o título brasileiro de 1995 e a perda da Copa do Brasil de 1999, com o maior público da história da competição, veio outro período, apenas com conquistas regionais. Já são 24 anos sem uma conquista nacional.




Um botafoguense de 30 anos, só viu conquistas regionais, derrotas e eliminações doloridas. Talvez isto explique o sumiço da torcida. Nossa força e a nossa voz vem enfraquecendo a cada ano. O clube internamente todo dividido, uma torcida que não consegue sequer puxar um grito de guerra em conjunto, com quatro principais torcidas organizadas que disputam o protagonismo. Quando jogamos no estádio Nilton Santos, a Loucos puxa a sua música, a TJB, logo ao lado, puxa outra, no setor norte, a Resistência vem com outra e a Fúria (que se faz presente mesmo com a proibição de materiais), com outra. Assim muito barulho e pouca efetividade no apoio ao time. 


Falo isto, sem o propósito de colocar a culpa nas organizadas, reconhecendo sua importância neste processo, mas apenas para pensar que agora será preciso se despir das vaidades e cada um de nós fazer a nossa parte, o coletivo precisa demonstrar força e dizer ao Brasil que ainda estamos vivos e pujantes, que a Estrela Solitária ainda brilha e forte. A cada jogo o canto tem que ser um só, a presença precisa ser maior, a paixão pelo Glorioso precisa voltar a emocionar e criarmos um clima de mudança, que não virá instantaneamente, mas que existe a esperança de dias melhores. É isto que nos move.

Vamos deixar a magia da Estrela Solitária tocar a cada um de nós, abraçar e cantar juntos com aqueles que já estão nos estádios e não abandonaram o Glorioso. Vamos reforçar este canto e a cada jogo, mesmo que houver derrotas, cantar mais alto, SOU BOTAFOGO!

Aquela faixa É TRADIÇÃO! NÃO É MODA! Tem que nos acompanhar em todos os jogos, ela será o símbolo de uma recuperação, que muitos não estão acreditando, mas ela é possível!

EU ACREDITO! SOU BOTAFOGO E NÃO VOU DESISTIR NUNCA!

Vinicius de Assumpção - Sócio Proprietário

sábado, 27 de julho de 2019

PALPITES DO BRASILEIRÃO - 12ª RODADA

Vamos aos meus palpites para a 12ª rodada do brasileirão.


SÁBADO - 27 DE JUNHO

PALMEIRASPalmeirasXVascoVASCO - EMPATE

INTERNACIONALInternacionalXCearáCEARÁ - INTERNACIONAL

CRUZEIROCruzeiroXAthletico-PRATLÉTICO/PR - CRUZEIRO

FLUMINENSEFluminenseXSão PauloSÃO PAULO - SÃO PAULO


DOMINGO - 28 DE JUNHO

CHAPECOENSEChapecoenseXBahiaBAHIA - EMPATE

SANTOSSantosXAvaíAVAÍ - SANTOS

FLAMENGOFlamengoXBotafogoBOTAFOGO - EMPATE

FORTALEZAFortalezaXCorinthiansCORINTHIANS - FORTALEZA

GOIÁSGoiásXAtlético-MGATLÉTICO/MG - GOIÁS


SEGUNDA - 29 DE JUNHO

CSACSAXGrêmioGRÊMIO - CSA

quarta-feira, 24 de julho de 2019

JOGO DO ANO PARA O BOTAFOGO

O Botafogo terá jogos de grande importância ainda este ano, mas este jogo contra o Atlético/MG, no Nilton Santos - hoje, às 21h30 - é de fundamental importância para o prosseguimento da temporada.

A classificação para a próxima fase da Copa Sulamericana, além de reforçar o combalido cofre alvinegro, pode representar a chance de chegar a final de um torneio de grande importância. O sorteio foi generoso com as equipes que estão na chave de Botafogo e Atlético/MG. O vencedor deste confronto, irá enfrentar nas quarta de finais, o La Equidad, de Bogotá, na Colômbia. Classificando para as semifinais, pagará o vencedor de Colón (Argentina) X Zulia (Venezuela) ou Sporting Cristal (Peru).

Na outra parte da tabela ficaram equipes como: Fluminense e Corinthians (Brasil), Peñarol (Uruguai), Corinthians e Independiente (Argentina).

Hoje, o torcedor alvinegro não tem outra opção, é ir ao estádio e empurrar o time os 90 minutos para conquistar a vitória e viajar para Belo Horizonte, com alguma tranquilidade no placar.

#ApoioIncondicionalBFR

terça-feira, 23 de julho de 2019

CHARGE: A FOME MENTIROSA


Esta charge do Ivan foi publicada no site A Charge Online, retrata bem o absurdo que o Bolsonaro declarou na semana passada.