quinta-feira, 18 de abril de 2019

BOTAFOGO NÃO PODE FICAR PARADO ESPERANDO PELO MILAGRE

Volto a um assunto que pode explicar como chegamos a esta situação. Um assunto que já foi bastante debatido e que hoje sai do cenário político do clube, pela perspectiva da proposta dos irmãos Moreira Salles de assumirem o controle do futebol alvinegro. 

Mas o debate e as buscas para o fortalecimento do Botafogo deve continuar, uso a frase: "Negociar e Andar", o que não pode é o clube ficar paralisado esperando a concretização da proposta.  

DAS ARQUIBANCADAS PARA O CLUBE

No início da década de 80, um grande grupo de jovens alvinegros, frequentadores assíduos das arquibancadas, resolveram entrar para a política do Botafogo, porque entendiam que o clube vinha sendo controlado por um seleto grupo de alvinegros, que a política fechada e isolacionista, só levava o Glorioso a perder espaço no cenário esportivo nacional.

Durante todos esses anos o Botafogo foi ficando longe das grandes conquistas, principalmente no futebol, onde já dominamos o cenário nacional, junto com o Santos FC. Este distanciamento das grandes conquistas, é fruto de um pensamento retrógrado e pequeno que sempre dominou o clube. O Botafogo é tão grande que não pode ser dominado e dirigido por apenas um grupamento. A direção precisa ser mais ampla.

Mas o importante na política interna, sempre foi manter o feudo e deixar os botafoguenses que frequentam as arquibancadas de fora do poder interno e decisório. 

Participamos de algumas gestões no Conselho Deliberativo e mais efetivamente na gestão do ex-presidente, Bebeto de Freitas. Chegamos até lançar a candidatura própria a presidente, Dr. Marcos Portella, e agora mais recentemente da minha candidatura (2014). Sempre trazendo e fortalecendo o mesmo debate: Como podemos fazer para democratizar e fortalecer o Botafogo FR?

A VITÓRIA DE UMA PROPOSTA

Nas últimas eleições não ganhamos o processo eleitoral, mas saímos vitoriosos sim, afinal, pudemos de maneira mais explicita, debater a democratização do clube, com o direito a voto do Sócio Torcedor e expor para todos que o Botafogo é o clube mais fechado do Brasil. O debate foi aberto e continuou.

A atual gestão propaga que abriu o clube democraticamente, aprovando uma reforma estatutária, que coloca o direito ao voto do Sócio Torcedor. Mas propositalmente, esconde da torcida e dos associados, como foi de fato este processo, que resultou em apenas 1 adesão. Isto mesmo, apenas 1 adesão!

A FARSA DA PROPOSTA DA ATUAL DIRETORIA

O torcedor que aderiu a este programa fajuto de Sócio Torcedor com direito ao voto, terá que pagar uma mensalidade de R$ 53,00 (no mínimo) + 13,90 por mês e durante três anos para conseguir o direito a votar nas eleições do clube. Pagará um total de R$ 1.921,90 apenas para ter o direito de votar no clube, sem qualquer outro benefício. Diga de passagem que isto NÃO foi regulamentado até hoje pela atual direção. 

Se o torcedor já fizer parte do Programa Sou Botafogo, ele terá que pagar os R$ 53,00 reais a mais para ter o direito ao voto. Se for Sócio Torcedor e tiver o plano da Leste Inferior, ele pagará: R$ 13,90 (Manutenção do Plano) + R$ 45,00* (Pacote Leste x 10) + 53,00** (1/3 da mensalidade do Sócio Proprietário, no mínimo) = R$ 111,90. O período será de três anos, este valor poderá ser reajustado pela direção do clube.

É um alto valor, que tem como objetivo impedir a adesão do torcedor ao processo decisório da sua maior paixão. Mesmo assim, a atual direção vende como se tivesse cumprido uma promessa de campanha, o que não é verdade. Bem a cara de uma direção que defende manter o Botafogo como seu brinquedo particular. A dupla Carlos Eduardo e Nelson Mufarrej, mentiram para a torcida.

Carlos Eduardo foi obrigado a se comprometer com o voto do Sócio Torcedor, nas eleições de 2014, por causa da força da proposta na nossa campanha. Só que passaram mais de quatro anos e a única coisa que temos certeza, é que as próximas eleições do Botafogo, serão decidida pelos "mesmos de sempre". 

ENTENDA O QUE PROPOMOS

Nossa proposta, que foi colocada para debate, ela cria uma linha no valor de contribuição, e abrange tudo que o Sócio Torcedor já contribui ao clube. Para um maior entendimento, o Sócio Torcedor que tem um pacote da Leste (chamado de sudeste), este associado teria direito ao voto, por que o que ele paga ao clube (R$ 13,90+ R$ 45,00*) já ultrapassa a linha de R$ 53,00 (1/3 da mensalidade de Sócio Proprietário).

O Sócio Torcedor teria que pagar por 24 meses consecutivos, sem atrasos, para ter o direito a voto. Após 36 meses, ele teria o direito de comprar o título de Sócio Proprietário, com desconto e adquirir o direito a ser votado e a frequentar o clube. As eleições seriam nacionalizadas e o torcedor poderia votar eletronicamente. Hoje já se tem tecnologia para isto e com segurança. 

Assim, num médio prazo, o Botafogo estaria trazendo para o seu quadro de Sócios Proprietários milhares de alvinegros, renovando seus quadros dirigentes e trazendo jovens com ideias inovadoras.

Com isto boa parte da nossa torcida, que se encontra fora da cidade do Rio de Janeiro, já teria o motivo para se associar. O Sócio Torcedor pode ser uma grande fonte de receita e fortalecimento do clube. Hoje já temos no Brasil, clubes arrecadando mais de R$ 70 milhões/ano com o seu Sócio Torcedor.

O Botafogo é o clube mais fechado do Brasil e clubes como o Internacional, Fluminense, Grêmio, Coritiba, Bahia, São Paulo, Corinthians, Cruzeiro, Atlético/MG, entre outros, já implementaram o direito ao voto ou estão no debate. O Botafogo precisa mudar sua mentalidade interna e avançar sem medo da sua torcida e ao futuro.

Chegamos ao final desta postagem, com uma única certeza: O Botafogo não tem mais jeito com esta forma de gestão amadora. 

O Botafogo é muito grande para ser de tão poucos! 

quarta-feira, 17 de abril de 2019

DIRETORIA DO BOTAFOGO APEQUENA SONHOS E OBJETIVOS

Eduardo Barroca, novo treinador do Botafogo
A cada ano o Botafogo vai perdendo espaço no cenário do futebol brasileiro e isto se deve muito mais pelas opções equivocadas das diversas diretorias passadas e da atual que comete os mesmos erros. A falta de uma visão profissional na gestão e de ambição por títulos, são outros fatores que empurram o Botafogo para o abismo. 

A escolha do novo técnico da equipe de futebol profissional deixam expostas as raízes dos nossos problemas. O texto do alvinegro Adeilson Telles retrata muito bem nossa triste realidade.

Por Adeilson Telles*

A escolha do Eduardo Barroca, um jovem de apenas 37 anos, que ganhou destaque com bons trabalhos nas divisões de base, mas sem nenhuma experiência em times profissionais e pouco conhecido no cenário do futebol é a afirmação do caminho “escolhido”pelo Botafogo. 

As sucessivas gestões,  ineficientes administrativamente, de baixíssima capacidade criativa, de reduzido poder de articulação, nulas de ousadia e pequenas na forma de pensar, fizeram do outrora Glorioso Botafogo de muitas histórias um clube pequeno.  

Apequenaram o Botafogo dentro e fora do campo. Apequenaram o Botafogo no simbólico e no real. Apequenaram as aspirações, os sonhos e os objetivos.  

Dentro desse quadro, a atual diretoria se mantém coerente, a coerência de quem se acostumou a se apequenar. Logo, a escolha de Eduardo Barroca, com todo respeito ao seu trabalho e talento, é típica daqueles que sem enxergar ou construir alternativas se agarram na sorte  e precisam de “apostas” para poder tentar ganhar algum destaque.

Como na maioria das apostas, as chances de sucesso são reduzidas. Mas vida que segue, que rolem os dados.

*Sócio Proprietário do Botafogo FR

terça-feira, 16 de abril de 2019

O BANDIDISMO NO PARLAMENTO DE JAIR BOLSONARO


A capa do Jornal Estadão de São Paulo, demonstra claramente o que se tornou a política brasileira e o nosso parlamento.

O desgaste do parlamento brasileiro com a população é enorme, mas agora virou território de justiceiro, milicianos e tudo o que de mais ruim existe na nossa sociedade.

A foto de capa não é de um qualquer e sim do Delegado Waldir, que é "líder" do partido de Jair Bolsonaro, o PSL. A figura do tal delegado, é um personagem impensável em qualquer regime democrático. Ele anda armado e em algumas situações anda com um coldre vazio, com a intenção de intimidar seus adversários políticos.

Num parlamento sério, uma figura como esta nunca poderia ser líder de um partido. Isto é a maior prova que o Brasil virou a república de bandidos e do crime organizado e tudo acontecendo na cara de uma sociedade anestesiada e de um judiciário entregue.

Fonte: Tijolaço 

segunda-feira, 15 de abril de 2019

FINAIS DOS ESTADUAIS

Os campeonatos estaduais em todo o Brasil estão chegando as fases decisivas. Boa parte já estão nas finalíssimas. Vamos ao resumo dos principais:

CARIOCA
O Vasco mandou o primeiro jogo da final no estádio Nilton Santos, do Botafogo, e não conseguiu se impor e praticamente entregou o título para o Flamengo, que ganhou por 2x0. Agora o Vasco precisa ganhar por dois gols de diferença para levar para os pênaltis.

PAULISTA
A primeira partida da decisão entre São Paulo e Corinthians terminou 0x0 e tudo ficou em aberto para a Arena Corinthians. Lembrando que agora só teremos torcida alvinegra. Na partida de ida, no Morumbi, foi esteve presente a torcida tricolor. Novo empate a decisão vai para os pênaltis.

GAÚCHO
Internacional, mandou na sua casa - Beira Rio - o primeiro jogo da final e não conseguiu vencer seu arqui-rival, Grêmio, a partida ficou no 0x0. Agora o Grêmio joga na sua casa - Arena Grêmio - e novo empate a decisão vai para os pênaltis.

MINEIRO
O Cruzeiro saiu na frente e venceu por 2x1, no Mineirão, e agora joga pelo empate na segunda partida, que terá o mando do Atlético e será no Independência.

PARANAENSE
Com Coritiba e Paraná fora, a decisão parecia fácil para o Athético, mas o Toledo, confirmou a boa campanha e venceu, em casa, por 1x0. Agora vai para o segundo jogo com a vantagem do empate. Se o Athético quiser fugir da disputa de pênaltis, terá que vencer por dois gols de diferença.

CATARINENSE
A final será entre Avaí e Chapecoense, em jogo único, na casa do Avaí, que tem a melhor campanha na competição. Nas semifinais, o Avaí empatou com o Criciúma (1x1) e a decisão na final foi para os pênaltis, vencido pela equipe avaiana por 4x2. Na outra semifinal a Chapecoense eliminou o Figueirense, por 1x0. 

BAIANO
A Final do Baianão é entre os "Bahias". O Bahia de Feira jogou em casa e empatou com o Bahia, por 1x1. O gol do empate do Bahia foi no último lance da partida. Agora a segunda partida da final será na Fonte Nova.

PERNAMBUCANO
O Náutico jogou em casa a primeira partida da final e não conseguiu fazer resultado, perdeu para o Sport, por 1x0. Agora o Sport joga em casa, com a vantagem do empate

GOIANO
O Atlético praticamente garantiu a taça de campeão goiano, venceu o rival Goiás, por 3x0. Agora é administrar o resultado no segundo jogo da final.

CEARENSE
A decisão é entre os dois maiores rivais do estado, Fortaleza e Ceará. No primeiro jogo da final o Fortaleza colocou uma boa vantagem para o segundo jogo, venceu por 2x0 e agora pode até perdeu por um gol de diferença que será o campeão estadual.

PARAENSE
Depois de eliminar o Paysandu, o Independente de Tucuruí, continua fazendo história e venceu o primeiro jogo da final, contra o Remo, por 1x0. Agora, o Independente, joga pela vantagem do empate para conquistar seu segundo título estadual na história. O primeiro foi em 2011, quando vencer o Paysandu, nos pênaltis, após dois empates nos jogos decisivos.


sexta-feira, 12 de abril de 2019

DEMOCRACIA BRASILEIRA EM FRANGALHOS

DEMOCRACIA EM FRANGALHOS: POR QUE TOFFOLI RECUOU?

Por Ricardo Cappelli

O que está por trás do recuo de Toffoli, retirando da pauta a votação sobre a legalidade da prisão após condenação em segunda instância? A data estava marcada desde o ano passado. 

Existem algumas hipóteses para a decisão.

O presidente do STF pode ter recuado porque a posição de que a prisão só pode acontecer após o trânsito em julgado seria derrotada. Seria uma manobra defensiva, uma tentativa de ganhar tempo e fortalecer a instituição para que ela, mais a frente, adote a posição. 

Alguns movimentos corroboram com esta leitura. Foi grave o que aconteceu no último dia 3 de abril. OAB, CNBB, UNE, CNI e outras entidades foram ao STF entregar um manifesto de defesa do...STF! Não foram defender posições, foram defender a instituição. Por que ela precisa ser defendida? A Suprema Corte está ameaçada? Quem está ameaçando?

Outra hipótese é que Toffoli recuou em busca de uma saída negociada, que empurre a prisão para a terceira instância, após julgamento pelo STJ. O adiamento seria uma manobra para permitir que o STJ julgue e condene Lula antes da decisão do STF, retirando o ex-presidente do alcance dos efeitos desta revisão. 

Neste raciocínio, poderia estar sendo negociada com o STJ uma prisão domiciliar para Lula. A Lava Jato sofreria uma “meia derrota”, com a prisão sendo permitida apenas após a terceira instância. E Lula seria enviado para uma “meia prisão”.

A terceira hipótese é que Toffoli adiou porque iria ganhar a votação. Faz sentido? 

A vitória do Estado Democrático de Direito tiraria Lula da cadeia. Seria uma derrota dos “Torquemadas”. Se a vitória era provável, que forças foram capazes de impor um recuo? 

Militares de alta patente ocupam oito ministérios. E estão por toda a Esplanada. Nunca antes, nem mesmo na Ditadura, militares tiveram tanto poder. Enquanto a autoproclamada esquerda dança serelepe ao som do “Bonde do Tigrão”, debatendo se "tchuchuca" é termo machista ou não, um jogo real e perigoso vai sendo montado. 

Na cerimônia de transmissão do Comando do Exército, o general Villas Bôas disse que o Brasil vivia um novo momento graças a dois homens: Jair Bolsonaro e Sérgio Moro. Quem será o próximo a receber a mais alta comenda do exército brasileiro? Deltan Dallagnol.

No início da caminhada do Capitão, os militares externaram a preocupação de que a instituição não misturasse sua imagem com a do candidato. Hoje, parecem embebedados pelo poder. 

No seu jogo, Bolsonaro continua tratando com desdém o parlamento. Os sinais públicos de aproximação são apenas parte de um ritual “fake”. No núcleo militar do Planalto, políticos são tratados como bandidos. 

Guedes fez calar o plenário da CCJ com uma ironia ameaçadora. Repetiu por quatro vezes diante de deputados mudos: “Vocês acham que os militares estão contribuindo pouco na reforma da previdência? Por que não mudam? Vocês têm medo? Têm medo?

A democracia no Brasil está em frangalhos. Os pessimistas dizem que já chegamos a 64, restaria saber apenas se iremos para 68. 

Existem várias formas de fechamento. Com forças de inteligência do aparato de estado alimentadas pela NSA, setores antinacionais da burocracia estatal engajados e um braço forte armado, os “cabos e soldados” podem ser dispensados de alguma exibição mais extravagante.

Por que Toffoli recuou? Que pressões atuaram sobre ele? Por que temem tanto a soltura de Lula? Por que é necessário manter o regramento de um Estado de Exceção?

O PIB deve crescer no máximo 1% este ano, aprofundando o desemprego e o drama social. Será preciso encontrar culpados, ou “uma culpada” para o desastre. A democracia, infelizmente, parece ser a primeira da fila.

sábado, 6 de abril de 2019

PREMIAÇÃO DO BRASILEIRÃO 2019

O Campeonato Brasileiro - Série A/2019, que começa com o jogo São Paulo x Botafogo, no Morumbi/SP, às 16 horas, no dia 27 de abril, vai distribuir uma premiação recorde para a competição. O Campeão levará pra aos cofres, R$ 33 milhões. A premiação será por posição na tabela ao final do campeonato e os quatros clubes rebaixados, além de sofrerem um prejuízo técnico, receberão uma sacola vazia. 

O total que será distribuído chega a R$ 335, 05 milhões, um salto muito grande em relação a temporada 2018, que distribuiu R$ 63,7 milhões. Uma forma de valorizar o principal produto da Globo e da CBF. O brasileirão vai distribuir mais que a Copa do Brasil, que vai entregar, no total, R$ 291 milhões. O campeão da Copa do Brasil poderá ganhar até R$ 70 milhões, se tiver participado de todas as fases. 

A TV Globo retalia os clubes que ainda não assinaram coma emissora para a temporada. Os valores das premiações só serão distribuídas para os clubes com contrato com a Globo, na TV aberta, fechada e pay-per-view. Casos de Botafogo, Atlético/MG, Cruzeiro, Corinthians, São Paulo, Flamengo, Fluminense, Vasco, Grêmio, Avaí, Chapecoense, Goiás, CSA. Os clubes que assinaram com a Turner para a TV fechada e com a Globo na TV aberta, terão valores reduzidos. O Palmeiras o único que não assinou com a Globo, não terá direitos. Isto é uma forma de empresa pressionar os demais clubes.

Vejam abaixo a comparação das premiações de 2018 e 2019:

Campeão – R$ 18,1 milhões, em 2018, para R$ 33 milhões
2º lugar – R$ 11,4 milhões, em 2018, para R$ 31,35 milhões
3º lugar – R$ 7,75 milhões, em 2018, para R$ 29,7 milhões
4º lugar - R$ 5,6 milhões, em 2018, para R$ 28 milhões
5º lugar – R$ 4,1 milhões, em 2018, para R$ 26,4 milhões
6º lugar – R$ 2,8 milhões, em 2018, para R$ 24,75 milhões
7º lugar – R$ 2,4 milhões, em 2018, para R$ 23,1 milhões
8º lugar – R$ 2,1 milhões, em 2018, para R$ 21,45 milhões
9º lugar – R$ 1,8 milhão, em 2018, para R$ 19,8 milhões
10º lugar – R$ 1,6 milhão, em 2018, para R$ 18,15 milhões
11º lugar - R$ 1,4 milhão, em 2018, para R$ 15,5 milhões
12º lugar - R$ 1,2 milhão, em 2018, para R$ 14,6 milhões
13º lugar – R$ 1,1 milhão, em 2018, para R$ 13,7 milhões
14º lugar – R$ 950 mil, em 2018, para R$ 12,8 milhões
15º lugar – R$ 850 mil, em 2018, para R$ 11,9 milhões
16º lugar – R$ 740 mil, em 2018, para R$ 11 milhões
17º lugar - ZERO (Rebaixado)
18º lugar - ZERO (Rebaixado)
19º lugar - ZERO (Rebaixado)
20º lugar - ZERO (Rebaixado)

sexta-feira, 5 de abril de 2019

O BOTAFOGO GOSTA DE MALTRATAR SUA TORCIDA

Parece um filme repetido, mas, infelizmente, não é. Toda vez que a torcida resolve abraçar o time, ele apronta e resolve maltrata-la e entregar de "presente" um resultado ruim. Ontem era dia de uma apresentação de gala, para deixar a torcida mais eufórica e reatar de vez os laços perdidos. Mas o que aconteceu foi, mais uma vez, o alvinegro saiu do estádio com raiva do seu time.

O Botafogo jogou em cima do adversário, não fez mais que sua obrigação, mas demonstrou mais uma vez, que é mal treinado. A equipe é um bando e lenta em campo. Teve oportunidades, muito mais pelas fragilidades do Juventude que propriamente pela sua qualidade.

Público presente chegou a 22 mil, numa terceira fase da Copa do Brasil, quarta-feira, às 21:30, dando demonstrações que a torcida quer se reaproximar do time, mas ele não deseja, prefere jogar com o estádio vazio e sem pressão. 

Agora o Botafogo, colocou em risco a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil e contra um adversário fraco tecnicamente, demonstrando que a diretoria precisa se mover e contratar para o campeonato brasileiro, ou veremos mais uma vez o filme de ficar olhando para baixo da tabela.

Pelo jeito este será mais um ano para maltratar a já sofrida e apaixonada torcida alvinegra.

quinta-feira, 4 de abril de 2019

HOJE TEM BOTAFOGO!

Hoje o Botafogo tem um jogo fundamental para as suas aspirações na Copa do Brasil, contra o Juventude, às 21h30, no Estádio Nilton Santos, com a expectativa de um bom público.

Este será o primeiro jogo do confronto e uma vitória, se possível, com uma boa vantagem é super importante para a continuidade do alvinegro no torneio. A torcida vem empolgada e com certeza, vai empurrar o time os 90 minutos. O Botafogo tem que impor a  sua autoridade e tomar cuidados com o contra-ataque, que será, certamente, a principal arma do adversário. O glorioso não pode deixar do Juventude "gostar do jogo".

Além da classificação, os recursos que a Copa do Brasil oferece é super importante para a uma temporada melhor financeiramente. Uma desclassificação teremos uma crise pela frente e isto pode atrapalhar toda a preparação para o campeonato brasileiro. 

Portanto, é ganhar e ganhar, para administrar no jogo de volta e conseguir a classificação.

#VamosFogo!


quarta-feira, 3 de abril de 2019

BOLSONARO ATENDENDO AO MERCADO FINANCEIRO COM O SUOR DOS TRABALHADORES

Além de atacar os direitos dos trabalhadores, agora o Bolsonaro prepara um "ataque" ao patrimônio dos trabalhadores que é o FGTS (Fundo de Garantia do tempo de Serviço) e no FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Bolsonaro, quer passar a gestões desses fundos para o mercado financeiro, a mesma coisa que ele quer fazer com sua aposentadoria. O governo já retirou a cadeira da Caixa Econômica do FGTS, o mesmo fez com a cadeira do representante dos trabalhadores. Querem destruir os fundos que financiam políticas públicas de geração de emprego e renda, além da habitação.

Quem tem "olho grande" nesses fundos, são os banqueiros, que sonham em botar a mão em R$ 846 bilhões, sem contrapartidas sociais.

A população precisa acordar desta letargia ou pagará caro em breve com todas as ações do governo Bolsonaro.

terça-feira, 2 de abril de 2019

BOLSONARO QUER DESTRUIR A RESISTÊNCIA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA


A PEC (Projeto de Emenda Constitucional) da Reforma da Previdência, é um ataque duríssimo aos direitos da classe trabalhadora, se já não bastasse a Reforma Trabalhista aprovada no Governo Temer, com o voto de então deputado federal, Jair Bolsonaro, que retira dos trabalhadores direitos elementares como férias e 13º salário. Muitos trabalhadores ainda não sentiram na pele as mudanças, por causa dos patrões, que preferem fazem mais lentamente. Em alguns setores do comércio isto já é latente. Vale lembra que o discurso era pela geração de empregos, mas, o que se viu até agora, foi o aumento do desemprego e da informalidade.

A PEC da Previdência, se aprovada na sua integralidade, mantém praticamente intactos, todas as regalias dos poderes judiciário e legislativo, além dos militares. Quem paga a conta são trabalhadores, com a perda do regime solidário, com as contribuições tripartite de patrões, governo e empregados, implementando a capitalização individual, onde só o trabalhador contribui para sua previdência. Esta conta não fecha e no final é o trabalhador sem aposentadoria digna, e os banqueiros acumulando bilhões a mais de lucro.

Agora o Bolsonaro ataca as entidades sindicais, de onde vem a organização da resistência de sua maldades com a classe trabalhadora. A MP que ele decretou, é para acabar com as entidades sindicais e não estou falando das contribuições que são aprovadas nas assembleias e sim das mensalidades que o trabalhador contribui espontaneamente para sua entidade de classe, através de autorização por escrito. É isto que a imprensa pouco divulgou e que ele quer realmente atacar com a MP 873.

Assim ele acredita que poderá tirar todo poder de resistência da classe trabalhadora a esta nefasta Reforma da Previdência, que seu governo quer aprovar para agradar os banqueiros e o mercado. Que na verdade fazer política com sangue dos trabalhadores.

Mas ele não sabe que o poder de enorme parcela dos sindicatos vai além do dinheiro, tem uma organização nacional e isto seu governo, que só veio para fazer maldade contra seus adversários, não enxerga. Sempre digo: "Ele só enxerga a árvore, sem olhar para a floresta." 

Aos trabalhadores, a mensagem está na imagem acima. Se está ruim com ele, pior sem ele. Não generalize se o seu sindicato não é atuante, pode ter a certeza que os objetivos do governo Bolsonaro, é atacar as entidades que pode organizar a resistência.

sábado, 30 de março de 2019

RESUMO DOS PRINCIPAIS ESTADUAIS

Os campeonatos estaduais estão chegando ao seu final e em breve vamos conhecer os campeões. Para atualizar sobre eles, vai um breve resumo.

RIO DE JANEIRO
Com um regulamento complicado, o campeonato chega a semifinais da Taça Rio, o segundo turno. A Taça Guanabara, já foi ganha polo Vasco e tem garantido sua participação nas semifinais do estadual. Na Taça Rio, o Vasco e o Flamengo farão a grande final. Se o Vasco ganhar também a Taça Rio, não será o campeão. Ele já estará classificado para a final e os dois primeiros colocados da classificação geral, Flamengo e Bangu, farão uma semifinal, com isto o Fluminense se junta ao Botafogo, no grupo de eliminados. Se o Flamengo for o campeão da Taça Rio, aí teremos uma semifinal entre Vasco, Flamengo, Bangu e o Fluminense, que volta para a disputa, por ser o 4º colocado na classificação geral.

SÃO PAULO
Já conhecemos os quatro semifinalistas: São Paulo, Palmeiras, Corinthians e Santos. O Palmeiras vai enfrentar o São Paulo (hoje) e o Corinthians enfrenta o Santos, em jogos de ida e volta. Os vencedores dos confrontos fazem a grande final.

São Paulo x Palmeiras - Sábado (30/03) - 18:00 - Morumbi
Palmeiras x São Paulo - Domingo (07/04) - 16:00 - Arena Palmeiras

Corinthians x Santos - Domingo (31/03) - 16:00 - Arena Corinthians
Santos x Corinthians - Segunda (08/04) - 20:00 - Pacaembú

MINAS GERAIS
No mesmo caso do paulista, chegamos as semifinais, com Atlético/MG, Cruzeiro, América/MG e Boa Esporte. Vejam as semifinais:

América/MG x Cruzeiro - Domingo (31/03) - 16:00 - Independência 
Cruzeiro x América/MG - Sábado (06/04) - 19:00 - Mineirão

Boa Esporte x Atlético/MG - Sábado (30/03) - 18:00 - Varginha
Atlético/MG x Cruzeiro - Domingo (07/04) - 16:00 - Mineirão

RIO GRANDE DO SUL
Já conhecemos os quatro semifinais e os vencedores farão a grande final. Vejam os confrontos:

São Luiz x Grêmio
Grêmio x São Luiz

Caxias x Internacional
Internacional x Caxias

BAHIA
O Vitória eliminado, foi a grande surpresa da baianão 2019. O Bahia surge como grande favorito a conquista e já garantiu vaga na grande final, depois de bater o Atlético/BA, nas semifinais, por 2x0 e 3x0. Na outra semifinal, o Vitória da Conquista, empatou o primeiro confronto (1x1), com o Bahia de Feira, que agora decide em casa, para conhecermos o adversário do tricolor baiano.

Bahia de Feira x Vitória da Conquista - Domingo - 16:00 - Arena Cajueiro

PARANÁ

O campeonato paranaense tem a fórmula básica que deveria ser de todos os estaduais, com turno e returno, com os campeões fazendo a grande final. As doze equipes são divididas em dois grupos de seis, com o primeiro turno jogando entre os grupos e no segundo turno, dentro dos próprios grupos. 

O Toledo foi o campeão do primeiro turno. Agora a disputa é pelo segundo turno e neste final de semana vamos conhecer os quatro semifinalistas. No Grupo A, o Athlético (12 pontos) já tem a classificação garantida, com Londrina (8) e Operário (7), disputando a segunda vaga. No Grupo B, a coisa está bem embolada, com Coritiba (7 pontos) e Rio Branco (7), nas duas primeiras posições, mas disputando ainda, o Paraná (6), Cascavel (6) e Cianorte (6).

PERNAMBUCO

Chegamos na fase final do campeonato, com as semifinais, com Náutico, Sport, Afogados e Salgueiro. O Santa Cruz ficou de fora.

Semifinais, em jogo único:

Náutico x Afogados - Quarta (03/04) - Aflitos

Sport x Salgueiro - Quarta (03/04) - Ilha do Retiro

quinta-feira, 28 de março de 2019

COMEMORAR O QUÊ?

O despreparado Jair Bolsonaro, determinou que o governo e as instituições militares comemorassem o golpe de 64, como se fosse um grande feito e tivesse sido bom para o país e o povo brasileiro.

Então vamos relembrar alguns números, principalmente para uma geração que não conheceu e sentiu na pele o que é uma ditadura militar sangrenta e autoritária, como foi a brasileira.

Vivemos hoje em época de baixa inflação, agora muito pela recessão econômica, causada pelos erros da equipe de governo, do que por uma política acertada de crescimento. Mas como podemos comemorar uma ditadura que deixou o país com hiperinflação de até 223% ao ano. Em 1976 a , ela chegou a 46%, em 1980, subiu para 110% e três anos depois foi para 210%, chegando a 223% em 1984.

 Podemos falar um pouco da dívida externa, que em 1964 era de U$$ 3,6 bilhões e chegou a 1984 a U$$ 93 bilhões, ocasionando durante grande período, uma recessão econômica, que só arrochou os salários e fez as elites acumularem mais riquezas.

Por falar em salário, o Mínimo equivalia em poder de compra atual a R$ 1.232,00, isto em 1964. Já em 1969, o Salário Mínimo perdia 50% do seu poder de compra, chegando a R$ 682,00. Em março de 1983, chegou a R$ 563,00. Salário Mínimo este que só foi recuperar um pouco, o seu poder de compra, no governo Lula, com o reajuste acima da inflação.

Vamos falar um pouco da educação, talvez isto explique a atual situação. A taxa de analfabetismo no Brasil, entre pessoas de 10 e 14 anos de idade, em 1983, era de 19% da população. Números de países como Angola e Suriname.

Não quero nem contar o número de pessoas desaparecidas, de famílias destruídas, apenas por discordarem do governo e exigirem democracia e liberdade de expressão.

Então Bolsonaro, o que o senhor quer comemorar? Acho que deveria cuidar mais do país e deixar os factóides de lado. O Rodrigo Maia está certo, deveria deixar um pouco de lado o twitter e cuidar do país e de seu povo. Até agora, seu  governo é uma tragédia e só fez o país passar vergonha internacionalmente.

O período da ditadura militar, realmente não deve ser esquecido, devemos repassar para futuras gerações o horror que foi este período, para que ninguém ouse ir para esta macabra aventura, sem as informações devidas. 

quarta-feira, 27 de março de 2019

RESUMO DO CARIOCA 2019

Chegamos a reta final do carioca, agora com as semifinais da Taça Rio, entre Flu x Fla e Bangu x Vasco.  Por causa do regulamento maluco, já temos três equipes classificadas para as semifinais geral do Carioca 2019. O Vasco, como campeão da Taça Guanabara, o Flamengo, como melhor classificado na pontuação geral e o Bangu, como melhor terceiro colocado no geral.

Se o Vasco ganhar também a Taça Rio, estará classificado diretamente para a final do campeonato e as semifinais serão entre os dois times melhores classificados na pontuação geral, que são Flamengo (1º) e Bangu (3º).

Se outro time ganhar a Taça Rio (Flamengo, Fluminense ou Bangu), teremos as semifinais com o campeão da Taça Guanabara (Vasco), o campeão da Taça Rio (Fla, Flu ou Bangu) e mais os outros dois times melhores classificados na pontuação geral.

Deu para perceber que o Botafogo, conseguiu a proeza de ficar fora das semifinais e já foi eliminado do campeonato, com uma campanha vexatória. Americano e Portuguesa, voltam a disputar a seletiva, contra Macaé, Nova Iguaçu e mais o Campeão e Vice da Série B.

Veja a classificação geral do campeonato:

1º - Flamengo - 27 pontos *
2º - Vasco - 23 pontos *
3º - Bangu - 22 pontos *
4ª - Fluminense - 21 pontos
5ª - Volta Redonda - 18 pontos
6º - Cabofriense - 15 pontos
7º - Boavista - 14 pontos
8º - Botafogo - 13 pontos
9º - Resende - 10 pontos
10º- Madureira - 7 pontos
11º- Americano - 6 pontos **
12º- Portuguesa - 5 pontos **

* Já classificados para as semifinais do Carioca
** Vão jogar a seletiva

terça-feira, 26 de março de 2019

VINHOS DO MUNDO: CHILE

Nos últimos anos, o Chile tem surpreendido o mundo com vinhos excelentes, de fantástica relação qualidade/preço e, em geral, inspirados pelos melhores exemplares de Bordeaux, Califórnia e Austrália.
Situado entre o Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes, o Chile é 'protegido' da incidência de pragas conhecidas por atacarem vinhedos e prejudicarem a qualidade das uvas, abrindo espaço para o cultivo de uma ampla variedade de castas e para a elaboração de uma vasta gama de estilos. Alguns têm inspiração mais francesa, enquanto outros são exuberantes e ricos, no estilo do Novo Mundo.
Mais até do que variedade de estilos, há enormes diferenças de qualidade dependendo do produtor, como em toda a América do Sul. Os melhores produtores do Chile fazem vinhos chilenos realmente excelentes, ricos e equilibrados, que merecem altas notas e muitos elogios da imprensa especializada no mundo todo.
Por outro lado — como é normal em várias regiões produtoras de sucesso — há também muitos exemplares abertamente comerciais, sem muitas qualidades, algumas vezes doces e desequilibrados, com forte presença de carvalho. Sendo assim, é preciso estar atento ao nome do produtor.
Os melhores produtores do Chile fazem ótimos vinhos em todas as faixas de preço. Graças a seu sabor, apelo e excelente relação qualidade/preço, os bons vinhos chilenos têm tido um enorme sucesso no Brasil, Estados Unidos, Inglaterra e, hoje, até mesmo em muitos países europeus.
Apresentando uma boa variedade de climas entre suas regiões, que vão do mediterrâneo ao temperado, o Chile possui cerca de 117 mil hectares de vinhedos plantados, dentre os quais metade é ocupada por vinhas da uva Cabernet Sauvignon, já que 70% da produção total do país destina-se a vinhos tintos.
Graças ao seu solo, clima e localização bastante específicos, o terroir expressado pelas uvas pode variar bastante, isto é, a mesma casta pode originar vinhos com caráter bastante distinto, podendo ser mais frutado ou ácido de acordo com a região de cultivo.
Em geral, os bons vinhos chilenos são saborosos e concentrados, cheios de fruta madura, elaborados principalmente com variedades francesas, como a Cabernet Sauvignon, a Merlot, a Sauvignon Blanc e a Camenerère, uva leve e tradicional no país.
Fonte: Site Mistral

segunda-feira, 25 de março de 2019

ALGUÉM ESTÁ MENTINDO AO POVO BRASILEIRO

Nas redes sociais encontramos das mais variadas análises de conjunturas políticas do país. Mais algumas merecem destaque, como a do Paulo Lindesay, Diretor da ASSIBGE-SN/Coordendor do Núcleo da Auditoria Cidadã-RJ. Veja...

Precisamos conhecer alguns conceitos para entender a linguagem dos números. Por trás dos números existe um projeto financeiro de captura do Estado Brasileiro e sua população. 

Muitas informações mentirosas e sem consistências são divulgadas na grande mídia como se fosse a mais pura verdade.

ALGUNS SOFISMAS

O Brasil está quebrado. Será verdade essa afirmação?

O deficit fiscal de R$ 159 bilhões só se resolve com AJUSTE FISCAL?

É necessário uma Nova Previdência por Capitalização para equilibrar as contas da Previdência e garantir o pagamento futuro das aposentadorias e pensões?

Mas primeiramente quero apresentar alguns conceitos importantes para compreendermos o cenário financeiro atual do Brasil.

Base Monetária - R$ 279 Bilhões ou 4% do PIB
Conta Única do Tesouro Nacional - R$ 1,145 Bilhões ou 16,6% do PIB
Operação Compromissada - R$ 1,239 Bilhões ou 17,9% do PIB
Reserva Cambial - US$ 379 Bilhões (dólar R$ 3,91) ou R$ 1,445 Trilhões.

Como pode um País onde o governo afirma que o Brasil está quebrado por apresentar um deficit fiscal de R$ 159 Bilhões?

Temos uma reserva cambial de R$ 1,445 Trilhões + R$ 1,145 Trilhões de Conta Única do Tesouro Nacional + R$ 1,239 Trilhões de sobra de caixa dos bancos que são esterilizados da economia brasileira. Essas três fontes financeiras totalizam R$ 3,829 Trilhões de saldo nos cofres do Governo Federal.

O que é Base Monetária?

Em economia, base monetária se refere ao volume de dinheiro criado pelo Banco Central - isto é, moeda (em papel ou metálica) e reservas bancárias em poder das entidades financeiras ou depositadas no Banco Central. Trata-se de uma definição restrita da oferta de dinheiro, que diz respeito apenas às formas mais líquidas. A partir dessa base monetária, o sistema bancário, através dos créditos concedidos, cria moeda escritural e portanto aumenta a oferta de moeda.

O Brasil tem um grande problema com sua BASE MONETÁRIA. Em janeiro de 2019 o valor dessa base Monetária representou pouco mais de R$ 279 bilhões ou 4% do PIB. Isso significa que o dinheiro circulante na economia brasileira não é suficiente para financiar essa mesma economia. Uma economia do tamanho da do Brasil deve trabalhar com uma base Monetária em torno de 40% do PIB.

O que é Conta Única do Tesouro Nacional?

É a conta mantida no Banco Central do Brasil, acolhe todas as disponibilidades financeiras da União, inclusive fundos, de suas autarquias e fundações. Constitui instrumento de controle das finanças públicas, uma vez que permite a racionalização da administração dos recursos financeiros, reduzindo a pressão sobre a caixa do Tesouro, além de agilizar os processos de transferência e descentralização financeira e os pagamentos a terceiros.

O que é Operação Compromissada?

A operação compromissada acontece quando o Banco vende títulos públicos, com compromisso de recompra e o cliente compra com compromisso de revendê-los ao Banco, com prazo definido e rendimento prefixado ou pós-fixado.

O que é Reserva Cambial?

São os meios de pagamento de que dispõem as autoridades monetárias de um país ou o montante de moeda estrangeira de que dispõe o país. Originam-se de superávits nos balanços de pagamentos e destinam-se a cobrir eventuais déficits das contas internacionais.

O governo deve analisar. Precisamos de uma reserva cambial de US$ 378 Bilhões?

Fonte:
https://www.bcb.gov.br/estabilidadefinanceira/reservasinternacionais