sexta-feira, 24 de setembro de 2010

TEM SAPO ENTERRADO NO BOTAFOGO

A equipe vinha numa crescente, jogando bem e instantâneamente perdemos praticamente quase todos os jogadores que fazem a diferença neste time. Estávamos sem Jóbson, Marcelo Mattos (que grande campeonato), Marcelo Cordeiro, Herrera (que já voltou e foi expulso) e agora ficamos sem Loco Abreu (terceiro amarelo), Danny Morais (terceiro amarelo, era reserva), Antonio Carlos (machucado e não pode enfrentar o seu ex-clube) e Maicosuel (machucado e fora de todo o campeonato). É assim fica difícil.

Agora é aturar o Lúcio Flávio, Fahel, Túlio Souza e Cia. A sorte que o Jóbson e Marcelo Cordeiro voltam, mas mesmo assim fica complicado. A zaga será Fahel e Leandro Guerreiro, o meio campo contará com Lúcio Flávio e Túlio Souza.

Gente é muita coisa (não quero falar aquela palavra) para um time só. Mas vamos em frente que atrás vem gente. Mesmo com todas estas dificuldades estamos em quarto e brigando.

7 comentários:

  1. Que beleza de post! Até que enfim o Vinícius volta a falar de futebol. Já estava com saudade do chororô.

    ResponderExcluir
  2. Outra coisa: não dá para enterrar sapo no Botafogo. Para enterrar sapo, o clube tem que ter sede.

    A sede do Botafogo é um shopping. Shopping não é sede de clube. Logo, o Botafogo não tem sede.

    Só se um hacker macumbeiro enterrou um sapo virtual no site do foguinho. Aí pode ser.

    ResponderExcluir
  3. Sérgio Vianna, de Brasilia26 de setembro de 2010 02:42

    Vicicius,

    Olha que matéria interessante para você republicar no seu blog.

    Havia lido no Nassif, mas fui ver a origem da matéria que é do Lance, de 25 de setembro/2010.

    Vá na página do Lancenet.com, clique no ícone do Botafogo, e quando abrir a página procure pela matéria com o título:

    "Campeão de 1910 com o Botafogo protagonizou tragédia"

    A reportagem conta a história de um jogador do Fogão, campeão em 1910, título que está fazendo cem anos, chamado Dinorah, que era zagueiro e fez dois gols naquele campeonato.

    Dinorah foi vítima de um desarranjo do poeta Euclides da Cunha, que veio a falecer em decorrência de sua reação.

    Euclides procurava pelo amante da esposa, por acaso, irmão de Dinorah, para lavar a sangue sua honra de marido traído.

    Ao chegar a Piedade, na casa dos irmãos, o poeta confundiu os personagens e deu um tiro em Dinorah, e não no amante de sua esposa. O irmão amante revidou e matou Euclides da Cunha com um tiro certeiro.

    Dinorah levou uma bala na cervical, mas não morreu. O episódio ocorreu em 1909. E Dinorah foi campeão no ano seguinte. Mas a tragédia teve continuidade, pois Dinorah foi perdendo os movimentos pouco a pouco, em consequência da bala alojada na sua vértebra, e caiu no ostracismo.

    Fugiu para Porto Alegre aonde cometeu suicídio, se jogando no Guaíba.

    Uma grande tragédia, que provocou a morte de duas pessoas, uma delas, um grande poeta brasileiro. A outra, um jogador campeão do Fogão.

    Mas, mesmo assim, acho que é uma boa história para ser recontada cem anos depois.

    Sérgio Vianna

    ResponderExcluir
  4. Sérgio Vianna, de Brasilia26 de setembro de 2010 02:43

    Mil desculpas VINICIUS.

    Foi erro de digitação com seu nome.

    Perdoe-me essa falta grave.

    Sérgio Vianna.

    ResponderExcluir
  5. Sérgio Vianna, de Brasilia26 de setembro de 2010 02:56

    VINICIUS,

    Logo o Joel Bueno, torcedor de um time que tem muita torcida e nenhuma organização, vem falar do BOTAFOGO?

    Acho que o Joel morou muitos anos em Brasília e ainda não sabe da SEDE do BOTAFOGO. E vem ele com essa história tão fajuta quanto uma 'reporcagem' da 'Óia'.

    Joel esquece-se - de propósito, é claro - que seu time treina pela manhã num campinho mal arranjado, e à tarde viaja para o outro lado da cidade, para levar seus jogadores numa sala de fisioterapia e de aparelhos de ginástica. Entre um e outro, o time anda hora e meia de ônibus.

    Quem contou isso foi o técnico do Flamengo, ano passado, quando o time ainda estava mal no campeonato, que depois veio a vencer.

    Joel, dê um passeio de carro pelo Rio. Saia da Tijuca e visite o local de seu nascimento, no bairro de BOTAFOGO, e faça-nos uma visita à nossa SEDE.

    Peça desculpas no seu blog (por favor, não vá fazer como a "Foia" fez nas desculpas sobre a ficha falsa da Dilma, dizendo que não pode desmentir nem confirmar), mas peça desculpas a toda torcida botafoguense.

    ResponderExcluir
  6. Sérgio Vianna, de Brasilia26 de setembro de 2010 03:02

    VINICIUS,

    Por favor, meu Camarada: avise ao JOEL BUENO que o timinho dele perdeu mais uma.

    Tomou uma saraivada de TRES GOLS do Palmeiras, time que o Felipão não dá jeito nele há 12 jogos.

    Avisa também que a DERROTA DO FLAMENGUINHO ocorreu em uma das SEDES DO BOTAFOGO, a do Estádio do ENGENHÃO, que ele também não deve saber que existe.

    Mas não importa se sabe ou não. O que ele precisa saber é que um time problemático como o Palmeiras enfiou três gols no Flamengo em pleno Rio de Janeiro.

    E numa das SEDES do BOTAFOGO.

    Aviso para o Joel que tem outras, muitas.

    Tem a Sede de Caio Martins.

    Tem a Sede de Marechal Hermes.

    Tem a Sede do Engenhão.

    Tem a Sede náutica da Lagoa.

    Tem a SEDE GERAL em General Severiano.

    Sem a Sede do Mourisco (do outro lado do morro, Joel).

    O BOTAFOGO é demais......

    ResponderExcluir
  7. Sérgio Vianna, de Brasilia26 de setembro de 2010 03:17

    "... Estamos (o Fla) olhando de novo no retrovisor e vendo os times de trás... (chegando). É um alerta. Temos... Faltam 13 rodadas ainda. Não podemos repetir o... (jogo) de hoje. Deixa eles dormirem... com calma (vamos) planejar o próximo jogo." - disse o treinador.

    ATENÇÃO VINICIUS !!!

    Foi o treinador (?) do timinho quem produziu a pérola acima.

    Não somos nós que falamos. Nós não gostamos de tripudiar. Você sabe!

    Agora leia o que disse um dirigente do Flamenguinho nos vestiários do ENGENHÃO, uma das SEDES DO BOTAFOGO:

    (O Flamengo),... "Se perder para o Goiás, na próxima terça-feira, no Serra Dourada, pode acabar a 26ª rodada na zona da degola.", comentou um dirigente que pediu anonimato para a reportagem do jornal LANCE.

    Engraçado Vinicius! Pessoas que falam e pedem anonimato, já vimos esse filme na campanha de um certo candidato, não?

    Ou eu estou enganado, Vinicius?

    ResponderExcluir

Obrigado pela participação!