quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

PALPITES DO CARIOCÃO - 1ª RODADA - TAÇA RIO

Começou o 2º turno do Campeonato Carioca, a Taça Rio, que é disputada desde 1982 e tem o Vasco da Gama como seu maior vencedor com 10 conquistas. Depois vem Flamengo (8), Botafogo (7), Fluminense (2), Madureira (2), América (1), Americano (1), Bangú (1), Volta Redonda (1) e Boavista (1). 

Nos anos de 2014 a 2016, Vasco, Botafogo, Flamengo e Fluminense, não jogaram a Taça Rio, por força do regulamento. Em 1994 e 1995, a Taça Rio não foi disputada.

A primeira partida já foi realizada, na última segunda feira, e a rodada continua hoje e amanhã. Vamos aos meus palpites para a primeira rodada da Taça Rio. 

Segunda - 19 de fevereiro 

Raulino de Oliveira - Volta Redonda - 19:30
VOLTA REDONDA0x2PORTUGUESA - SEM PALPITE


Quarta - 21 de fevereiro 

Moça Bonita - Bangu -  16:30
BANGUXFLUMINENSE - EMPATE

Nilton Santos - Rio de Janeiro -  19:30
FLAMENGOXMADUREIRA - FLAMENGO


Quinta - 22 de fevereiro 

Correão - Cabo Frio -  17:00
CABOFRIENSExBOAVISTA - CABOFRIENSE

Giulite Coutinho - Edson Passos - 19:30
NOVA IGUAÇUxBOTAFOGO - BOTAFOGO


Quinta - 01 de março 

São Januário - Rio de Janeiro -  19:30
VASCOxMACAÉ - VASCO

RETROSPECTO:

TAÇA GUANABARA - 46,66% DE APROVEITAMENTO

1ª RODADA - 01 ACERTO - 16,66% DE APROVEITAMENTO
2ª RODADA - 04 ACERTOS - 66,66% DE APROVEITAMENTO
3ª RODADA - 03 ACERTOS - 50% DE APROVEITAMENTO
4ª RODADA - 04 ACERTOS - 66,66% DE APROVEITAMENTO
5ª RODADA - 02 ACERTOS - 33,33 DE APROVEITAMENTO

TOTAL DO CAMPEONATO - 14 ACERTOS / 30 JOGOS = 46,66% DE APROVEITAMENTO

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

TRABALHADORES PROTESTAM CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Trabalhadores de todo o Brasil manifestaram, ontem - segunda-feira (19) - sua indignação contra a Reforma da Previdência, que ataca ainda mais os direitos dos trabalhadores da ativa e aposentados. Pior, mantêm todas as grandes regalias do sistema previdenciário brasileiro, que privilegia apenas uma minoria, que se encontra no topo da vergonhosa pirâmide social do país.

Bradesco da Rio Branco, adesão total!
As centrais Sindicais e os Sindicatos de diversas categorias pararam suas atividades. Bancários, metalúrgicos, petroleiros, rodoviários, entre outros trabalhadores, disseram em alto e bom som: SE VOTAR, O BRASIL VAI PARAR! 

Mandaram também um recado para os parlamentares (deputados federais e senadores): SE VOTAREM A FAVOR, NÃO VAI VOTAR. As Centrais e Sindicatos estão prometendo uma grande campanha contra os parlamentares que votarem a favor desta criminosa proposta de reforma Previdenciária do governo golpista do Michel Temer.

Banco Itaú paralisado
Bancários do Rio realizaram uma paralisação parcial no centro financeiro (eixo da Av. Rio Branco), com grande adesão da categoria. No final do dia, houve uma grande passeata de todas as categorias, que saiu da candelária e foi até a Cinelândia.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

PROJETO TRAVESSIA

Fundação Projeto Travessia é uma organização social criada em Dez/1995, para defender e promover os direitos de crianças e adolescentes em situação de risco. 

Através de ações pedagógicas, do fortalecimento dos vínculos familiares e da valorização das potencialidades das crianças e dos adolescentes, a Fundação busca continuamente promover a garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente junto à sociedade em geral, combatendo as violações a que estes cidadãos estão expostos.


O Travessia tem investido, desde sua criação, na articulação de parcerias necessárias para oferecer atendimento qualificado às crianças, adolescentes e suas famílias. 

Entre na página da Fundação e conheça um pouco mais sobre suas ações. www.travessia.org.br ou Clique Aqui!



domingo, 18 de fevereiro de 2018

BOM DOMINGO!


Peço desculpas aos amigos torcedores dos outros clubes pelo Brasil. Como faço todos os domingos, destaco um pedaço da Cidade Maravilhosa, para desejar a todos um BOM DOMINGO. Hoje destaco a festa da torcida do Botafogo, no estádio Nilton Santos, durante a Copa Libertadores ano passado.  

sábado, 17 de fevereiro de 2018

CELSO FUMAUX PRESENTE!

Celso, de bigode, é o primeiro da 2ª fileira, da direita para esquerda.
Partiu um grande amigo e lutador, o bancário do Itaú, Celso Fumaux, com 54 anos, falecido na última quinta-feira (15/02), vitima de Câncer

Fumaux era um amigo flamenguista, que gostava de tirar sempre um sarro comigo, por causa do meu Botafogo. Grande companheiro de bom coração e combativo. Fará muita falta no exército daqueles que lutam por um mundo mais justo e solidário.

Celso sempre estará presente em nossos corações e mentes. Descanse em paz amigo e companheiro.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

BANCÁRIOS PARAM CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Bancários e outras categorias de todo o país estão decidindo parar no próximo dia 19, Dia nacional de paralisações e manifestações, em todo o Brasil, contra a reforma da previdência que o governo Temer que impor aos trabalhadores brasileiros e para isto usa de todos os artifícios, inclusive mentir nas propagandas do governo a favor da reforma.

No final do dia, no Rio de Janeiro, haverá uma passeata, com concentração na Candelária e caminha pela Av. Rio Branco até a Cinelândia, contra uma reforma que afeta de cara os trabalhadores da iniciativa privado e funcionalismo público que ganham salários mais baixos. As regalias estão todas garantidas de juízes, promotores, procuradores, políticos e todos aqueles que ganham altos salários.

O governo temer que governa para o grande capital em detrimento da população mais pobre, tem gastos milhões em publicidade para convencer a população da necessidade da reforma e que ela será boa para o trabalhador. Mentira!

Especialistas no assunto foram unânimes em afirmar que não existe déficit e que este é um argumento falso usado pelo governo para aprovar uma reforma desumana que só interessa aos grandes grupos econômicos. A previdência é superavitária e o grande problema são os desvios de bilhões para outras finalidades. 

“A reforma fixa idade mínima de 65 anos para homens e de 62 para mulheres, com 15 anos de contribuição. Segundo o Dieese, a expectativa de vida em bairros como o do Irajá, por exemplo, é de 62 anos e 8 meses; no de Costa Barros, 64 anos e 7 meses. Ou seja, o trabalhador vai morrer sem se aposentar”, argumentou. Lembrou outra mudança cruel: a aposentadoria só será pelo teto, caso a pessoa contribua por 49 anos. Já as pensões por morte serão pagas pela metade e não mais no mesmo valor da aposentadoria do cônjuge falecido, sendo que a pensionista, se for aposentada, terá que abrir mão de um dos benefícios, não podendo acumulá-los, como é hoje.

“Com as formas de contratação precárias, como o contrato intermitente por hora ou por dia, ou como pessoa jurídica, como consta das novas regras trabalhistas, vai ser quase impossível se aposentar. Mas estas informações Temer e sua base e escondem”, afirmou a presidenta do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro, Adriana Nalesso, na assembleia que aprovou a paralisação do dia 19.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

CHARGE: UFA... DEU BEIJA FLOR

A Charge do Tacho para o jornal NH diz tudo sobre o resultado do Carnaval Carioca de 2018. Mas a Tuiuti, a pequena escola do Bairro de São Cristóvão, fez história. É a campeão do Povo!

Fonte: A Charge On Line

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

HOJE TEM UNIDOS DA TIJUCA

Hoje tem a minha Unidos da Tijuca, na Sapucaí. A escola tijucana será a primeira a entrar na avenida do samba, nesta segunda (hoje), com o Enredo: Um coração Urbano: Miguel, o Arcanjo das artes, saúda o povo e pede passagem.

Uma frase vai marcar o desfile da tijuca este ano: “Todas as pessoas grandes foram um dia crianças (mas poucas se lembram disso)” O pequeno príncipe

O desfile da Tijuca será dividido em 5 setores:

Abertura – O pequeno príncipe em sua Ilha mágica
1 setor – O vento do teatro é o vento da magia
2 setor – Um coração urbano: o mundo das palavras
3 setor – A máquina de fazer doido: a televisão
4 setor – Os encantos dos musicais
5 setor – Os bacantes carnavalescos
Não gosto de enredos pessoais, mas a tijuca mesmo assim virá forte!

domingo, 11 de fevereiro de 2018

AS DIFERENÇAS DO JULGAMENTO NOS CARNAVAIS DO RJ E SP

Vai começar a maior festa popular do planeta, o carnaval brasileiro. As escolas de samba dão o tom, juntos com os blocos de foliões. No Brasil temos o grande carnaval da Sapucaí e o carnaval de São Paulo. Fiz uma pesquisa na internet sobre as diferenças dos julgamentos dos quesitos para se conhecer a grande campeã do Rio e de São Paulo. Onde achei a matéria interessante e mais completa, foi no site Carnavalesco reproduzida logo a seguir.
Análise de quesito a quesito para mostrar a diferença no julgamento dos dois carnavais mais importantes do país.
Harmonia
O quesito harmonia é julgado igualmente pelos dois carnavais. Ambos levam em consideração o ritmo do canto dos componentes e sua consonância junto ao intérprete da agremiação. Os julgadores penalizam as escolas que não cantam no ritmo adequado e que se confundem em dado momento no que diz respeito ao andamento do samba.
Bateria
O julgamento do Rio de Janeiro prevê perda de pontos para a bateria que não for criativa e versátil. Já em São Paulo, há uma preocupação grande no que diz respeito ao entrosamento entre os diversos naipes de instrumentos, onde pode ocorrer penalidades severas caso haja incoerências dentro de um mesmo naipe ou entre vários naipes, por exemplo.
Samba-enredo
O quesito samba-enredo é dividido em duas partes, tanto no Rio, quanto em São Paulo. Essas duas partes se referem a letra e a melodia do Samba. Porém, somente no Rio, os julgadores são obrigados a dar uma nota para melodia e outra para a letra. A nota máxima para a melodia é de 5 pontos e o da letra também, assim, o samba-enredo que obtiver um desempenho máximo nos dois sub-quesitos ganhará nota 10.
Evolução
O julgamento do Rio de Janeiro preza mais pela fluência do desfile. Penalizando o excesso de velocidade na evolução e a abertura de buracos. O carnaval de São Paulo também se pega nessas questões, entretanto, o julgador também punirá onde ocorrer efeito sanfona e invasões de alas. O quesito é julgado de forma bem equivalente nos dois estados.
Enredo
No Rio de Janeiro, o quesito enredo é dividido em dois, concepção e realização. Sendo assim, o jurado dará nota de 4,5 até 5,0 para cada sub-quesito. Em São Paulo, estes dois sub-quesitos são levados em conta, porém, não se encontra presente essa divisão de nota. No Rio de Janeiro também é analisada a criatividade e a originalidade do enredo, enquanto em São Paulo, prevê um julgamento inteiramente técnico com relação ao enredo proposto pela agremiação.
Alegoria
O quesito no Rio de Janeiro se chama Alegorias e Adereços. Em São Paulo, apenas Alegorias. A divisão de notas em concepção e realização se repete no Rio de Janeiro. Em ambos os casos, a execução e o acabamento possuem um peso fundamental no resultado final da nota.
Fantasia
Concebido novamente em dois sub-quesitos, concepção e execução. O quesito Fantasia no Rio de Janeiro tem como principal diferencial o julgamento da impressão causada pela forma e pelo entrosamento, utilização, exploração e distribuição de materiais e cores. Os outros aspectos do julgamento são bem semelhantes. Visam a uniformidade entre as fantasias, o acabamento e o sentido das fantasias dentro do enredo.
Comissão de frente
Concebido em concepção e execução no Rio de Janeiro, o principal diferencial no julgamento carioca é o fato do julgador levar em conta a capacidade de impactar o público e consequentemente a escola na hora de sua apresentação. Em São Paulo o quesito também analisa a integridade entre fantasia e tripé. Além dos julgamentos que são feitos nos dois carnavais de forma idêntica.
Mestre-sala e Porta bandeira
Em ambos os estados, a leveza e a simpatia do casal conta bastante. Porém, em São Paulo o julgador é mais rígido no que diz respeito a postura do mestre-sala e da porta-bandeira. No Rio de Janeiro, o regulamento deixa claro que o casal precisa demonstrar o bailado em ritmo de samba e não executar o ato de sambar em si. Nos dois julgamentos, fica claro que o carinho com o pavilhão tem de ser imenso durante a apresentação. Em São Paulo, o mestre-sala é penalizado se tocar o pavilhão com força extrema, por exemplo.

sábado, 10 de fevereiro de 2018

BOTAFOGO JOGA TUDO NO CLÁSSICO

O Botafogo depois da eliminação vexatória na Copa do Brasil, se volta para a semifinal da Taça Guanabara, no clássico contra o Flamengo, jogo que será em Volta Redonda, com o time da gávea jogando com a vantagem do empate. Ao Botafogo só resta uma alternativa, vencer e diminuir a crise.

Mas numa eventual classificação para a final da Taça Guanabara, não pode servir para tampar os erros que esta diretoria está cometendo no departamento de futebol. A efetivação do Felipe Conceição foi um erro grosseiro, que só atrasou o planejamento do futebol e poderá ter sérias consequências para o restante da temporada se não tivermos atitudes firmes e imediatas.

Sei das atuais dificuldades financeiras do clube, mas precisamos ter uma política agressiva na obtenção de novas receitas e sair em busca de dois laterais (Arnaldo e Gilson, são para compor elenco), um cabeça de área (o Dudu Cearense não tem mais condições de jogo e o Lindoso um bom reserva). Mais um atacante (contratar o Kieza, foi um erro, já tinhamos o Brenner, que se equivale).

Agora é focar no jogo de hoje e achar um treinador que possa fazer esta equipe demonstrar algum padrão tático. Jogar contra a Aparecidense com três zagueiros, foi dose para leão.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

HOJE TEM BLOCO DOS BANCÁRIOS


Hoje tem o tradicional Bloco dos BancáRios, "Vestiu uma camisinha Listrada e Saiu por Aí", no centro da cidade, com a “Bateria Pura Cadência” da GRES Unidos da Tijuca.

A concentração será a partir das 17 horas no Buraco de Lume, na São José, esquina com Av. Rio Branco. O Desfile será pela Rua México!

Vale a pena conferir galera! 

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

REFORMA DA PREVIDÊNCIA: ESSA CONTA NÃO É DO TRABALHADOR

A cara de pau dos empresários brasileiros nós já conhecemos, mas eles conseguem sempre nos surpreender com suas declarações e atitudes. 
Um anúncio de página inteira assinado pela Firjan – Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro - está sendo divulgado nos grandes jornais responsabilizando todos os brasileiros pelo déficit da Previdência.

Esse é mais um dos grandes absurdos que o governo está tentando empurrar para a conta dos trabalhadores. E os empresários, como um dos maiores patrocinadores do golpe, ajudam com prazer.

De acordo com levantamento da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, empresas devem R$ 426,07 bilhões à Previdência Social. O valor corresponde a quase três vezes o déficit alegado pelo governo Temer para justificar a reforma da Previdência. Somente os cinco maiores bancos, Bradesco, Itaú, Santander, Banco do Brasil e Caixa Econômica devem juntos mais de R$ 1,3 bilhão.

O governo acabou de anunciar que não vai cobrar, mais uma vez, os R$25 bilhões sonegados pelo Itaú relativos à valorização do banco devido à fusão com o Unibanco. Parte desse dinheiro sonegado seria destinado ao pagamento da Previdência Social.

Será que ainda existe alguma dúvida de quem é a culpa do déficit da Previdência? Nós, trabalhadores, não temos somente a convicção, mas temos provas que o governo mente ao afirmar que a Previdência é deficitária. Se dívidas como a dos banqueiros e empresários fossem cobradas e o próprio governo pagasse a sua parte na conta, os trabalhadores não precisariam ser penalizados por um governo que tem como meta tirar todos os direitos adquiridos e nos transformar em máquinas operando com sua capacidade máxima.

Medidas como taxação de grandes fortunas, venda de imóveis da Previdência, que estão sem uso, melhoria da fiscalização e cobrança dos devedores já deixariam a Previdência com superávit, e, quem sabe, poderiam até pagar as aposentadorias milionárias do Temer (R$68.985), Sarney (R$109.892), Fernando Henrique Cardoso (R$67.450) e tantos outros que apoiaram o golpe e querem que o trabalhador pague pelas suas mordomias.

Charge: Mariano

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

CHARGE: BRASIL SE APEQUENANDO



A cada dia o Brasil vai se apequenando perante ao cenário internacional. Aquele país que se propunha ser mais que um coadjuvante no cenário econômico e político internacional, sumiu. Hoje o Brasil voltou a ser aquela republiqueta onde o capital internacional vem aqui, faz uma boa conversa com alguns senadores, deputados e juízes e leva quase de graça todas as nossas riquezas, apenas deixando a pobreza, miséria, violência, desemprego e a desesperança no povo por um futuro melhor.

A charge do AROEIRA, para o Jornal O Dia/RJ, espelha bem como o nosso judiciário vai participando deste assalto as nossas riquezas, como o pré-sal, que estava destinado para o financiamento de uma saúde e educação pública de qualidade para o nosso povo.

Fonte: A Charge On Line   

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

BOTAFOGO: O PERIGO DA COPA DO BRASIL

Hoje o Botafogo tem um jogo muito perigoso pela 1ª fase da Copa do Brasil, contra a Aparecidense/GO, que vem fazendo uma boa campanha no campeonato goiano, onde é vice-líder do seu grupo, com apenas uma derrota em 5 (cinco) jogos.

O Botafogo ainda em 2018 não apresentou um futebol que desse segurança aos seus torcedores que o clube estaria no caminho certo.

O que vimos no Campeonato Carioca, contra equipes medíocres, foi um futebol abaixo da crítica, com os principais nomes da equipe não apresentando um futebol que justifique vestir a camisa do Glorioso Botafogo de Futebol e Regatas.

A própria diretoria parece que não consegue ter a capacidade de se superar diante dos desafios de reconduzir o clube ao seu verdadeiro lugar. A diretoria faz o trivial, paga as dívidas e mantém os salários em dia, que para alguns é o máximo e o necessário para avançarmos num futuro promissor.

Acho que o caso do Rodrigo Aguirre, foi um exemplo claro da política implementada no clube. Uma contratação dessas poderia alavancar novas receitas como o Sócio Torcedor, que perdeu mais de 7 mil associados só este ano, a venda de camisas do clube, aumentar as bilheterias, trazer novos torcedores. Aguirre poderia se pagar com uma grande ação de marketing. Além dos resultados esportivos que poderiam ser bem diferentes. 

Isto sim é ousadia com responsabilidade. Pensar fora da caixinha. Se tem outro motivo para não contratação do artilheiro, que poderia sim virar um ídolo, a diretoria atual não falou.

Portanto, uma eliminação hoje será desastrosa para o começo de trabalho, poderá afetar boa parte da temporada esportivamente e financeiramente, afinal a Copa do Brasil vai pagar ao campeão mais de 60 milhões em premiação. Passando de fase o clube já garantirá R$ 2 milhões e 400 mil, podendo ganhar até R$ 68,5 milhões se for o campeão. Quanto mais longe for, mais dinheiro receberá.

É assim que o Botafogo tem que ser pensado, com responsabilidade, mas com ousadia.

Arte: Globoesporte

domingo, 4 de fevereiro de 2018

BOM DOMINGO!


Aos domingos retratamos sempre um pedaço da Cidade Maravilhosa - Rio de Janeiro para desejar a todos um BOM DOMINGO, desta vez é o antigo Palácio Monroe, nos anos 50 - hoje demolido para a construção da Av. Rio Branco. O palácio ficava na Cinelândia, onde hoje é a Praça Mahatma Gandhi,