sexta-feira, 23 de abril de 2010

DEMOCRACIA?

A maioria da direção do Sindicato dos Bancários do Estado do Espírito Santo vem convocando para os dias 27 a 29 de abril um plebiscito para a categoria decidir se a entidade deve ou não permanecer filiada a Central Única dos Trabalhadores – CUT.

Até ai tudo bem, já que a maioria dos diretores que compõem a atual direção do Sindicato são militantes e filiados do PSTU e PSOL. Mas é estarrecedor a utilização da máquina do Sindicato a favor da posição de desfiliação, com utilização do site da entidade e usando o próprio dinheiro da categoria para pagar 20 outdoors. Isto não é democrático e usam como desculpa a decisão da diretoria em que eles próprios são maioria e votam conforme os seus interesses. Vergonha!

Democracia só vale quando é para os interesses deles. Um debate deste mereceria espaços de forma igualitária e sem a utilização da máquina. Mas tudo é bem pensado, afinal no início de junho os militantes destes partidos irão realizar um congresso para juntar a Conlutas (PSTU) e a Intersindical (PSOL) e filiar os bancários do Espírito Santo a esta entidade e levando a categoria a fragilização e a quebra da unidade nacional. Com esta atitude os banqueiros estão rindo a toa. É muita irresponsabilidade junta, só por causa de um projeto político partidário.

É bom dizer que a CUT/ES vem crescendo no estado e já conta com mais de 500 mil trabalhadores representados, isto demonstra a aventura que estão colocando a categoria bancária capixaba.

VINÍCIUS ASSUMPÇÃO
EX-PRESIDENTE DO SIND. DOS BANCÁRIOS DO RIO

3 comentários:

  1. Este pessoal do Ciro Garcia não pe mole mesmo. Arnaldo ABN Real

    ResponderExcluir
  2. Nota de esclarecimento:

    Utilização indevida do logo da INTERSINDICAL
    Alguns cartazes que convocam o Congresso para criação de uma nova central em junho de 2010, estão usando indevidamente o logo da Intersindical- instrumento de luta e organização da classe trabalhadora, como se estivéssemos na convocação de tal atividade.

    Tentam sem êxito, causar uma confusão no movimento, pois já é de conhecimento geral de que a Intersindical-instrumento de luta e organização da classe trabalhadora segue se consolidando como um instrumento nacional reunindo sindicatos, coletivos e oposições que estão empenhados na reorganização da classe a partir dos enfrentamentos contra o Capital e seu Estado.

    A construção de um novo instrumento será a conseqüência do processo de organização na base e do necessário salto de ir além das lutas corporativistas, das disputas por aparelhos e reconstruir a luta do conjunto da classe trabalhadora.

    Setores organizados em correntes internas do psol que romperam com a Intersindical, hoje se intitulam nesse processo de reorganização como Intersindical- instrumento de luta, unidade da classe e construção de uma central e hoje já estão praticamente diluídos no processo de uma coordenação pró-central para esse Congresso.

    Portanto se os organizadores desse Congresso não tiverem a maturidade para fazer as devidas correções sobre os que convocam tal atividade, fica aqui esclarecido.

    Em tempo: A Intersindical realizará seu III Encontro Nacional nos dias 13, 14 e 15 de novembro em São Paulo, o qual será precedido de vários Encontros Estaduais que se iniciam já no mês de março.

    POR NENHUM DIREITO A MENOS
    PARA AVANÇAR NAS CONQUISTAS
    NA LUTA COTIDIANA, A LUTA PELO SOCIALISMO
    AQUI ESTÁ A INTERSINDICAL
    Coordenação Nacional da Intersindical
    02 de março de 2010.

    ResponderExcluir

Obrigado pela participação!