quinta-feira, 1 de abril de 2010

BANCÁRIOS DF: CHAPA 1 CUT GANHA ELEIÇÕES

Com mais de oito mil votantes, a CHAPA 1 CUT ganhou as eleições para a diretoria do Sindicato dos Bancários de Brasília e reelegeu para Presidente o companheiro Rodrigo do Banco do Brasil. As eleições acontecerem nos dias 29, 30 e 31 de março e concorriam três chapas. A CHAPA 1 CUT obteve 5.066 votos - 60%; a Chapa 3 Conlutas ficou com 2.932 - 34% e a Chapa 2 dos militantes do PCO obteve 562 votos - 6%.

Os bancários de Brasília votaram pela unidade nacional, pela luta e por um sindicato cada vez mais forte e combativo. Mais uma vez numa eleição de um sindicato de bancários importante no Brasil, a categoria disse um não a aventura e ao isolamento. Votando por uma direção que faz sindicalismo com responsabilidade.

6 comentários:

  1. Infelizmente nossaa classe bancária é formada de brasileiros, isso explica a memória curta para as artimanhas da direção vergonhosa deste sindicato de brasília! Além de ter vergonha de ser brasileiro, tenho mais ainda de ser bancário !

    ResponderExcluir
  2. Meu caro Vinicius,estive juntamente com o Joel Bueno tentando organizar/coordenar a oposição bancária em Campinas(onde moro)Por aqui não deu para ganhar de Davi Zaia,vai ficar para a próxima.Lembro-me de te-lo conhecido nas eleições em que disputaram CiroxAmaral,já faz tempo,na época com o Baixinho(Bradesco Campinas)Garcia(Brasília)fomos até a quadra do Botafogo,acho que você era alguma "coisa" na torcida.Sei lá, apenas para lembra-lo.O Joel comentou sobre você e estou por aqui dando um alô.Forte abraço,Marcelo Fernandes.Cps.

    ResponderExcluir
  3. Valeu Marcelo Fernandes pela presença e a lembrança. Pena, já que o Sindicato de Campinas é muito importante para a nossa unidade nacional. Entre sempre no nosso Blog e deixe as suas mensagens.

    ResponderExcluir
  4. Tem um cometário anônimo, sem sequer assinatura, e totalmente distorcido. Primeiro que a atual direção sempre foi uma referência para o movimento sindical bancário, que faz sindicalismo com responsabilidades e ganhou as eleições com 3 chapas com 60% do votos. Diferente dos que se dizem democráticos, quando estão na direção de qualquer sindicato se utilizam de todas as artimanhas para evitar a vontade da base que ela é contrária a direção. Fazendo assembléias esvaziadas e eleições "rapidinhas" como é o caso do Sindicato do Rio Grande do Norte, onde o Sindicato é de ambito estadual e as eleições acontecem em apenas um dia. Sindicato dirigido pelos militantes do PSTU. Isto é democracia? Em Brasilia foram 3 dias de eleições com todos os bancários votando de forma livre.

    ResponderExcluir
  5. Caro Vinicius, gostaria de esclarecimento sobre o que quer dizer "Pena, já que o sindicato é muito importante para a nossa unidade nacional", pois o sindicato de Campinas defende a tese da unidade, e a direção desse sindicato o realiza na pratica, inclusive com participação na Contraf-CUT e na CUT - SP. Abraços,
    Jeferson

    ResponderExcluir

Obrigado pela participação!