quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

E VERÁS QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA

Hoje vamos falar de samba. Tem uma samba-enredo que na minha opinião é o melhor de todos os tempos, um samba para escutar e se emocionar, na homenagem ao saudoso Betinho. É um segundo Hino Nacional e não entendo porque até agora não foi reeditado por alguma escola. Veja a letra do Samba do GRES Império Serrano de 1996.

LETRA IMPÉRIO SERRANO DE 1996

O povo diz amém
É porque tem
Um ser de luz a iluminar
O moderno Dom Quixote
Com mente forte vem nos guiar
Um filho do verde esperança
Não foge à luta, vem lutar
Então verás um dia
O cidadão e a real cidadania

Quero ter a minha terra, ô ô ô
Meu pedacinho de chão, meu quinhão
Isso nunca foi segredo
Quem é pobre tá com fome
Quem é rico tá com medo (bis)

Vou dizer...
Quem tem muito, quer ter mais
Tanto faz se estragar
Joga no lixo, tem bugica p'ra catar
Senhor, despertai a consciência
É preciso igualdade
O ser humano tem que ter dignidade
Morte em vida, triste sina
Pra gente chega de viver a Severina


Junte um sorriso meu, um abraço teu
Vamos temperar
Uma porção de fé, sei que vai dar pé
Não vai desandar
Amasse o que é ruim, e a massa enfim
Vai se libertar
Sirva um prato cheio de amor
Pro Brasil se alimentar

Eu me embalei p'ra te embalar
No balancê, balancear
Vem na folia
Chegou a hora de mudar
O meu Império vem cobrar democracia (bis)




ALGUMAS OPINIÕES IMPORTANTES SOBRE ESTA OBRE DE ARTE

Um dos melhores sambas-enredo de todos os tempos! O samba da Império Serrano de 1996 me emociona só de pensar nele. Uma melodia emocionante aliada a uma letra linda e a uma singular interpretação de Jorginho do Império faz de "Verás que um Filho teu não Foge à Luta". NOTA DO SAMBA: 10 (Mestre Maciel).

"O grande momento imperiano nos anos 90, a homenagem a Betinho rendeu um samba emocionante, de letra tocante e melodia inspirada. O andamento cadenciado valorizou ainda mais a faixa...Poucas escolas podem se dar ao luxo de dizer que um samba deste nível não está entre os melhores de sua história". NOTA DO SAMBA: 10 (João Marcos).

"É a homenagem da escola da Serrinha a Herbert de Souza, o grande Betinho, e sua luta pela cidadania...Esse grande samba, cantado na avenida por gente do porte de Jorginho do Império e Carlinhos da Paz, embalado pelo som da bateria, que deu mais um show, mostrou que o Império ainda estava vivo e fez a escola ficar à frente de muita gente tida como favorita". NOTA DO SAMBA: 10 (Cláudio Carvalho).

"Obrigado aos compositores por esse samba sensacional. Fantástico. O Império que teve o gênio Silas de Oliveira ganhou mais uma obra para entrar na sua coleção de hinos fantásticos". NOTA DO SAMBA: 10 (Daniel Benfica).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela participação!