terça-feira, 23 de maio de 2017

NOTA DA FRENTE ALVINEGRA SOBRE AS INDICAÇÕES DAS NOVAS BENEMERÊNCIAS


NOTA DA FRENTE ALVINEGRA 

SOBRE A INDICAÇÃO DE 14 NOVOS BENEMÉRITOS E 9 NOVOS GRANDES BENEMÉRITOS

O Conselho Deliberativo do BOTAFOGO foi convocado para se reunir nesta terça-feira (23 de maio) para discutir a proposta da Diretoria de conceder 23 novos títulos honoríficos de Beneméritos e Grandes Beneméritos do clube.

A grave questão nas indicações ora apresentadas é que todos os 23 nomes indicados são de integrantes da própria Diretoria, do Conselho Fiscal ou de pessoas ligadas à atual direção.

Dito isso, perguntamos: é correto uma gestão, à medida que se aproxima do final de seu mandato, auto indicar boa parte de sua Diretoria para receber a maior honraria que pode ser concedida a um sócio, conferindo à maior parte dos atuais diretores um assento perpétuo no Conselho Deliberativo do clube?

Entendemos que alguns dos indicados, de fato, podem ser merecedores da honraria. Avaliamos, ainda, que outros nomes indicados dedicam tempo e prestam bons serviços ao clube. Mas não consideramos que tais contribuições possam ser caracterizadas como “relevantes e EXCEPCIONAIS serviços prestados ao BOTAFOGO”, conforme dispõe o art. 12 do Estatuto.

Se a presente proposta for aprovada, estaremos depreciando a própria instituição da benemerência e da grande benemerência, desrespeitando grandes botafoguenses detentores desta honraria e que, de fato, se dedicaram e prestaram serviços relevantes e EXCEPCIONAIS ao BOTAFOGO nas últimas décadas.

Reconhecemos que a Comissão Especial da Reforma do Estatuto evitou algo pior: uma emenda proposta pedia a ampliação do número de Beneméritos, com isso reduzindo, no Conselho Deliberativo, o peso dos conselheiros temporários eleitos pelos sócios. A comissão, corretamente, encaminhou contrariamente a essa emenda que, caso tivesse sido aprovada no plenário, jogaria no lixo todo o esforço do Conselho Deliberativo do triênio 2006/2008, que reformou o Estatuto, tendo diminuído o corpo de Beneméritos de 150 integrantes para os atuais 60, em uma ação para reduzir o peso excessivo desse corpo vitalício de conselheiros.

MENSAGEM AO CONSELHO DELIBERATIVO:

Com isso, dirigimo-nos aos integrantes do Conselho Deliberativo do BOTAFOGO, que estarão reunidos para aprovar ou não esta questão. Fazemos aqui um apelo à consciência dos conselheiros. Os títulos de Benemérito e de Grande Benemérito, como já dito, são a maior honraria que o clube pode conceder a seus sócios. É preciso ser extremamente criterioso e rigoroso neste processo.

De forma respeitosa, dirigimo-nos também ao presidente Carlos Eduardo Pereira. Lembramos que este mesmo tema já esteve pautado no ano passado. Como agora, a iniciativa teve péssima repercussão entre os sócios e a torcida do BOTAFOGO. Por que voltar a insistir com isso novamente? Não fica bem uma gestão ter indicado, mesmo que por outras pessoas, boa parte de seus integrantes para as maiores honrarias do clube.

Ao longo do tempo, temos pontuado o que julgamos equivocado na atual administração, sempre de forma construtiva e buscando contribuir para o debate. Reconhecemos que a atual gestão tem um saldo positivo e nossas críticas visam sempre o melhor para o clube.

Precisamos somar esforços para unir o BOTAFOGO. O clube precisa dessa união para enfrentar as crises e adversidades.

Conclamamos que esta questão seja revista e retirada de pauta. O Glorioso BOTAFOGO saberá reconhecer seus heróis. No tempo devido, e fora do período da própria gestão, os méritos serão reconhecidos e as devidas honrarias serão prestadas a quem de direito.

Rio de Janeiro, 22 de maio de 2017 


FRENTE ALVINEGRA 
Em Defesa do BOTAFOGO!

2 comentários:

  1. Carlos Vasconcellos23 de maio de 2017 16:48

    Parabéns a Frente Alvinegra pela nota. O Botafogo tem dono e o seu dono não são os iluminados dos salões de General Severiano e sim sua torcida.

    ResponderExcluir
  2. Vinicius esta história de Membro permanente deveria acabar, todos deveriam ser eleitos. Soube inclusive que ele s ficam isentos de mensalidades, é verdade isto?

    ResponderExcluir

Obrigado pela participação!